(none)

Angélica à revista CLAUDIA: "Se a relação não for muito sólida, o filho pode até atrapalhar"

Na entrevista, a apresentadora elogia o companheirismo de Luciano Huck e fala do jeitinho de Eva, a caçula da família

Publicado em 04/04/2013

Contigo! Online

Angélica na capa da Cláudia

Angélica estampa a edição deste mês da revista CLAUDIA
Foto: Nana Moraes/Revista CLAUDIA

Em entrevista na edição de abril da revista CLAUDIA, Angélica afirma que passou os últimos dez anos mais dedicada à criação dos filhos, Benício, Joaquim e Eva, esta última caçulinha da turma, com apenas 6 meses, e que agora pretende dirigir mais sua energia para a vida profissional. "Meu marido e meus filhos sempre serão prioridade, mas não posso esquecer de mim", disse a apresentadora à jornalista Maria Laura Neves. Dentro deste conceito, a mulher de Luciano Huck promete novidades tanto no Estrelas, atração nos sábados da TV Globo, como um projeto paralelo. Ela não deu detalhes.

No bate-papo com a repórter de CLAUDIA, a mãe de três filhos falou sobre como faz para não deixar que as crianças invadam seu casamento. Ela explica que "invadir, elas invadem", mas que algum espaço do casal deve ser preservado. Ela elogiou o marido: "Sem querer encher a bola do Luciano e já enchendo, ele entende este processo (de criação do filhos) que e vive o momento comigo. Não me cobra nada e sabe que também fico carente com tanta doação, tanta energia às crianças", explica. Perto de completar 40 anos, Angélica é categórica em dizer que não quer mais ter filhos, e dá um conselho: "Quem acha que filho ajuda no casamento está redondamente enganado. Se a relação não for muito sólida, o filho pode até atrapalhar", afirma.

Com relação à caçula e única menina dos três filhos, a mamãe Angélica se derrete: "Ela é um bebê mais tranquilo do que foram os meninos",conta. "Ri para todo mundo e, quando mama , faz carinho no meu rosto. Fora que é muito mais divertido (risos). Menina a gene enffeita, bota laço na cabeça. Agora, também adoro a energia dos meninos", derrete-se. (ED)

Comentários

Os comentários são pessoais e não refletem a opinião do MdeMulher.

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.