13 razões para não querer rotular um relacionamento

O que já é bom não precisa de um nome para ficar melhor, não é mesmo? :)

 

1. Vocês já são íntimos/as o suficiente.

Reprodução/Giphy Reprodução/Giphy

Reprodução/Giphy (/)

É possível estar “se conhecendo melhor” (até porque ninguém conhece outra pessoa completamente), “curtindo” e simplesmente junt@s. Dar um nome ao estado civil não implica em ter mais intimidade do que vocês já têm.

2. Todos os amigos já os conhecem pelos nomes (e até apelidos).

Reprodução/Giphy Reprodução/Giphy

Reprodução/Giphy (/)

Quem está no seu círculo próximo sabe que você e seu amor tem uma boa relação. Vocês aparecem em encontros dos amigos de tempos e tempos e gostam de ficar com eles também.

3. Até porque todo mundo sabe que você estão juntos (as).

Reprodução/Giphy Reprodução/Giphy

Reprodução/Giphy (/)

E quem te conhece não fica perguntando quando vocês vão “assumir o compromisso”. indecision

4. Ninguém tem nada a ver com sua vida amorosa.

Reprodução/Giphy Reprodução/Giphy

Reprodução/Giphy (/)

Não precisa sair por aí explicando o que rola com vocês, se é um relacionamento aberto, se não é, o porquê dessa escolha… A única resposta que deveria importar é “Estamos felizes”, não é?

5. Vocês já dormem juntas/os todas as noites.

Reprodução/Giphy Reprodução/Giphy

Reprodução/Giphy (/)

Ou mesmo que sejam duas ou três vezes por semana: a verdade é que tudo que cabe a um relacionamento já faz parte da rotina de vocês. Exceto pela liberdade de não corresponder às expectativas da sociedade laugh.

6. Não é preciso fazer “social” com a família alheia.

Reprodução/Giphy Reprodução/Giphy

Reprodução/Giphy (/)

Quando quiser ir, você irá de livre e espontânea vontade (e a pessoa também). A ideia toda de não ter rótulos é que cada indivíduo possa decidir o que quer fazer, sem restrições por causa de um “nome”.

7. Vocês ficam livres para decidirem o que acharem melhor.

Reprodução/Giphy Reprodução/Giphy

Reprodução/Giphy (/)

Isso significa que vocês podem escolher “casar” se quiserem, só morar junto, fazer festa ou continuar cada qual na sua casa. A liberdade é o que mantém o amor <3.

8. Vocês já tiveram “a conversa”

Reprodução/Giphy Reprodução/Giphy

Reprodução/Giphy (/)

E por isso mesmo sabe como se sentem em relação ao outro(a). Vocês se gostam, se amam, querem ficar junt@s, curtem a companhia d@ outr@ e isso basta.

9. É divertidíssimo ver a cara de horror das pessoas.

Reprodução/Giphy Reprodução/Giphy

Reprodução/Giphy (/)

“Mas como assim? O que isso quer dizer? Você tem medo de assumir compromissos?”

10. Vocês podem curtir o que quiserem sem precisar de satisfações.

Reprodução/Giphy Reprodução/Giphy

Reprodução/Giphy (/)

Com respeito e acordo, a relação não precisa de amarras sociais que definam o que cada um pode (ou não) fazer. É bom que cada um(a) faça os programas que mais lhe agradam e não estejam obrigados a curtirem, porque sim. Melhor ainda é quando a gente tem uma companhia que quer estar conosco!

11. É mais gostoso viver um dia de cada vez.

Reprodução/Giphy Reprodução/Giphy

Reprodução/Giphy (/)

“Você ainda vai me amar de manhã?”

A verdade é que ninguém sabe quanto tempo isso vai durar: uma semana, três anos ou 40. Para vocês, o importante é aproveitar cada dia e ser verdadeir@ com o seu amor todos os dias. Cada minuto importa do hoje e do agora.

12. Rótulos impõem regras. E ninguém quer amar com regras

Reprodução/Giphy Reprodução/Giphy

Reprodução/Giphy (/)

É algo natural e até inconsciente de querer dizer que vocês estão namorando ou vão morar junt@s e quem sabe até casar, mas todo relacionamento tem seu curso. Pode ser que tudo isso aconteça ou que fique cada um no seu cantinho – e junt@s do mesmo jeito!

13. Continua sendo um relacionamento, só não é “namoro, amizade ou casamento”.

Reprodução/Giphy Reprodução/Giphy

Reprodução/Giphy (/)

E tudo bem. Afinal o que mais importa é o amor entre vocês heart.