9 lições para resgatar o seu prazer sexual

Não, você não é a única: é comum o desejo diminuir depois de certo tempo na relação e até mesmo a frequência dos orgasmos. Mas você pode mudar essa situação e aproveitar cada momento a dois!

De cada três mulheres brasileiras, uma tem problemas para chegar ao orgasmo. Se você também sente dificuldades para atingir esse ponto máximo de excitação, saiba que não está sozinha.

A médica ginecologista Flávia Fairbanks, especialista em sexualidade humana, explica que há muitas causas diferentes para a falta de orgasmo em algumas mulheres. “Pode haver questões psicológicas, como trauma de infância, histórico de abuso sexual ou educação rígida”, diz a especialista. “Outros fatores podem ser o uso de drogas, o consumo de álcool e a presença de problemas de saúde.”

Felizmente, dá pra vencer estas e outras barreiras com as técnicas que mostramos abaixo. Veja quais são e batalhe, com paciência e persistência, pelo seu prazer.

1. Conheça seu corpo

De acordo com os especialistas, é fundamental que a mulher conheça o próprio corpo para conseguir sentir prazer. Uma maneira de eliminar as travas é se acariciar durante o banho. Aproveite a espuma e alise nuca, seios, barriga, coxas… Quando se sentir à vontade, passe para a área genital. Dia após dia, você vai perceber quais são as regiões do corpo que mais te deixam excitada.

2. Perca a timidez

Foi-se o tempo em que a mulher tinha de ser recatada até com o marido. Mesmo assim, ainda há casais que não vivem uma intimidade verdadeira. Talvez você tenha recebido uma educação rígida e não consiga se entregar ao sexo sem pudores. Isso dificulta o orgasmo. Tente ampliar a intimidade com o companheiro, indo além um pouquinho a cada dia.

3. Revele os desejos mais loucos

Você acha que seu parceiro não acerta muito nas carícias? Se a ideia é abrir caminho para o orgasmo, você precisa ser tocada nos lugares certos, de um jeito gostoso, que te dê vontade de fazer amor. Converse com seu parceiro e explique como gostaria que ele te tocasse durante o sexo. Diga com jeitinho o que deseja, por mais que ache suas fantasias uma loucura. Afinal, ele não é adivinho!

4. Só faça com vontade

Nunca vá para a cama sem vontade. Uma relação sexual por obrigação não tem como ser prazerosa. Os dois precisam querer sentir e dar prazer, porque o sexo não é uma via de mão única só para o benefício do homem. Entre no jogo erótico somente quando sentir desejo. Isso é meio caminho andado para obter prazer. Recuse a penetração se não estiver lubrificada e prontinha para o ato.

5. Explore seu ponto “fraco”

Esse ponto, chamado clitóris, fica na junção dos pequenos lábios, cerca de 2 cm acima da uretra, o canal por onde sai a urina. A maioria das mulheres (mesmo as mais realizadas na cama) só consegue atingir o orgasmo com a estimulação direta dele. Experimente friccioná-lo (é uma delícia). Isso pode ser feito por seu parceiro ou por você mesma.

6. Libere as fantasias

Você sente um calorão quando vê seu cantor preferido ou o galã da novela das 21h sem camisa? Então, pense nele na hora H e sinta a excitação crescer. Ninguém precisa saber, só você! As fantasias sexuais são normais e não devem ser bloqueadas. Além do mais, imaginar-se com outra pessoa é um recurso muito usado pelos homens durante a transa. Você também pode fantasiar! Veja 15 filmes picantes para assistir a dois

7. Transe para se divertir

Não fique com a ideia fixa de ter um orgasmo. Assim, é pouco provável que você consiga. Na cama com seu amor, tente curtir as sensações agradáveis que surgem pelo seu corpo. À medida que o prazer aumenta, vá se entregando, sem a preocupação de conseguir chegar ao prazer máximo. O orgasmo é uma consequência, não o objetivo da relação.

8. Varie o cardápio

Pare e pense: quantas posições sexuais vocês já tentaram? Há muitos jeitos de transar. Se vocês fizerem sempre do mesmo jeito, o sexo pode cair na rotina, dificultando o orgasmo. Inovem! Muitas mulheres dizem ter mais facilidade em chegar ao clímax numa certa posição. Explore várias até descobrir a sua predileta.

9. Aceite-se como é!

Vergonha do próprio corpo? Esse é um grande obstáculo ao orgasmo. Se você se preocupa demais com o que seu parceiro pensa do seu pneuzinho ou da sua celulite, não consegue relaxar na cama. Defeitos todas nós temos e, acredite, os homens não prestam tanta atenção aos detalhes. O que importa é o conjunto. Por isso, ame-se como você é!

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s