Ai, isso é segredo…

Descubra se vale esconder algumas informações do parceiro ou se não há como haver mistérios entre um casal

Caso você imagine que seu amado reagirá 
muito  mal a uma notícia, prefira o silêncio
Foto: Dreamstime

Imagine-se passeando no shopping. De repente, ouve alguém chamar seu nome. Você, então, vira para o lado e vê seu ex! Acaba conversando com ele por alguns minutos, se despede e, bom, volta à vida normal… Até chegar a noite, quando encontra seu parceiro e se pergunta: “Conto ou não conto?”. Como essa, inúmeras circunstâncias nos forçam a refletir sobre a necessidade de dividir tudo com o amado. Pois esta reportagem responde a essas questões – sem segredos! 

Contar ou não contar, eis a questão!

Abra o jogo se…

o seu passado explica muitas de suas atitudes. Se já têm intimidade, revele ao gato certos traumas que moldaram sua personalidade. Ele a entenderá melhor.

algo for realmente importante para você. Ao expor certas incompatibilidades, fica fácil resolver as pendências com o amado.

o mistério prejudicar o parceiro, você ou ambos. Enfrente o medo e explique tudinho. Quanto mais cedo, mais eficaz!

Feche a boca…

caso algum conhecido fale mal dele. Certas informações causam mais transtornos do que entendimento. Questione se a notícia é mesmo importante ou se apenas provocará uma irritação desnecessária.

quando o assunto é trabalho. Por estar magoado, ele pode usar suas confidências para se vingar de você. Não dê muitos detalhes.

se o segredo não for seu, mas de amigos ou parentes. Nada de passar para frente!

Para acertar sempre!

· Quando estiver na dúvida entre falar algo ou não, pense em como gostaria de ser tratada se estivesse no lugar dele.

· Não revelar um fato é uma coisa. Mentir para o parceiro, outra – e bem antiética.

· Decida com ele se temas chatos, como relações passadas, devem entrar na conversa.

· Procure entender por que não consegue relevar alguns segredos e/ou por que o gato
faz questão de que você confesse tudo a ele.


☆ Será que seu signo tem a ver com o signo do crush? Entenda o que é e do que fala a sinastria ☆