Carta aberta aos caras que se recusam a usar camisinha

Olá, seu babaca.

Siga o mdemulher no Instagram

O que tanta gente considera um simples detalhe, na verdade, é o mais importante. Afinal, se importar com alguém é querer que aquela pessoa esteja bem emocionalmente e fisicamente. É aquele velho papo de que atitudes valem muito mais do que palavras.

Não, não é “só uma vezinha”, “só hoje”, “só a cabecinha”. Não é não e ponto final. Nós estamos em 2015 e já está mais do que comprovado que não tem essa de que camisinha aperta demais, tira o prazer ou qualquer outra desculpa esfarrapada que você for usar.

Sexo pede confiança. Por uma noite ou pela vida toda, são pessoas que estão naquele momento em um acordo em comum. Ouviu só? Em comum. Então, se você precisa ficar insistindo para convencer a outra pessoa a fazer qualquer coisa, isso não é legal. Significa que a pessoa não está confortável com aquela situação e você deveria simplesmente aceitar em vez de tentar vencê-la pelo cansaço.

Me arrependo? Sim. Porque preciso cuidar de mim, e se você não cuida de si mesmo, como eu posso confiar em você? Que pena. Vá lá saber por onde você andou. E se quisesse mesmo o meu bem, nem teria tentado ou pedido. Afinal, é aquilo que falei lá no começo: as atitudes mostram muito mais do que o que se diz.

Mas tudo bem, o importante é que eu aprendi e não caio mais em conversinha de cara babaca. Resumindo, vim aqui te agradecer por ter me feito acordar. Espero que um dia você também perceba o significado de tudo isso e não repita com alguma outra menina por aí. Um beijo daquela que não cai mais no seu papinho. 

MTV Style/Tumblr MTV Style/Tumblr

MTV Style/Tumblr (/)