Beleza

6 ativos naturais perfeitos e poderosos para peles oleosas ou com acne

A natureza fornece ingredientes excelentes para o tratamento da pele oleosa ou com acne, como o mel e o mirtilo. Além de podermos usá-los in natura, em misturinhas e máscaras caseiras, eles são perfeitamente incorporados aos produtos desenvolvidos pelos melhores laboratórios, dando uma força extra aos princípios ativos poderosos para a pele oleosa que compõem sabonetes, tônicos, hidratantes e produtos de tratamento em creme, gel ou sérum.

As médicas dermatologistas Christiane Gonzaga e Lilian Delorenze indicam, a seguir, os ativos naturais mais indicados para a pele oleosa ou com acne. Fique de olho e os procure nos rótulos dos produtos que escolher comprar.

Ah: depois da lista, confira o que as especialistas têm a dizer sobre os cuidados de limpeza e tratamento para a pele oleosa ou com acne.

Mel

Rico em vitaminas, minerais e enzimas, o mel tem propriedades antioxidantes (excelentes para combater o envelhecimento precoce), antibacterianas e antissépticas, além de ser um umectante natural que ajuda a hidratar a pele sem aumentar a oleosidade e o brilho. “Se usado em conjunto com o açúcar, pode virar um peeling caseiro interessante para eliminar célular mortas”, diz Christiane.

Hidratantes com mel entre seus ingredientes são uma ótima pedida para peles oleosas.

Argila verde

(Voyagerix/Thinkstock)

Remove as impurezas e o brilho em excesso por absorver o sebo da pele. Também auxilia na diminuição dos poros e das espinhas. É o melhor ingrediente para as receitas de máscaras de tratamento caseiras semanais ou quinzenais que podemos fazer em casa.

Óleo de coco

Engana-se quem pensa que ele pesa na pele: o óleo de coco hidrata sem obstruir os poros, controlando a oleosidade e a acne.

Gengibre

Tem ação antisséptica e anti-inflamatória, por contar com óleos essenciais na composição.

Aveia

É um ativo natural excelente para inflamações em geral, o que o torna perfeito para a pele com acne. Também absorve o sebo (lembre-se que a acne é causada pela produção excessiva de sebo pelas glândulas sebáceas) e esfolia a camada de pele morta delicadamente.

Mirtilo

(Anna-Ok/Thinkstock)

A “fruta da longevidade” é rica em flavonoides e vitaminas A, C e do complexo B. Suas propriedades anti-inflamatórias ajudam a amenizar a oleosidade e a tratar espinhas e cravos. Fique atenta: algumas pessoas preferem chamar este ingrediente de blueberry, que é seu nome em inglês.

Em que etapa da rotina de cuidados com a pele os ativos naturais devem entrar?

Em todas, de preferência. “Cada produto tem sua indicação específica para um cuidado otimizado na pele oleosa. A ação do sabonete não é a mesma do tônico, que não é a mesma do hidratante”, explica Lilian.

Assim, se você conseguir usar um sabonete com mirtilo, um hidratante com mel e um creme com aveia, por exemplo, será muito bom para sua pele.

Veja também

Vale sempre lembrar que a pele oleosa precisa, como todos os tipos de pele, passar pelo ritual de limpeza e cuidados duas vezes ao dia: pela manhã e à noite (antes de dormir). A pele deve ser lavada e depois receber tônico e hidratante (além do protetor solar na parte da manhã).

Se recomendado pelo dermatologista, a rotina é encerrada com a aplicação de um produto de tratamento.