A pele e os efeitos do clima

No Sul, frio e vento. No Norte, calor e umidade. Como fica a sua pele? Conheça os cuidados para cada região do Brasil

Moça sorrindo

No Sul, a maioria das pessoas tem a pele
clara e mais suscetível a manchas e 
câncer de pele
Foto: Dreamstime

O seu tipo de pele também está relacionado ao clima em que você vive. Uma pele oleosa, por exemplo, vai sofrer muito menos no inverno seco de Brasília do que no calor úmido de Belém. No Sul, o problema é que a maioria da população descende de europeus e, por isso, tem a pele clara e mais suscetível a manchas e câncer de pele.

Nordeste – Temperatura máxima, muito sol, vento e umidade
É desfavorável para a pele oleosa. O rosto fica brilhante e com forte tendência à acne. Os lábios são outra área frágil, pois o sol estimula o vírus do herpes. As manchas de pele também são freqüentes.
Cuidados gerais: Para manter a pele equilibrada limpe-a bem, pela manhã e à noite, com sabonetes líquidos desengordurantes à base de extratos vegetais de ação adstringente. Durante o dia, o uso da vitamina C tópica ajuda a clarear e hidratar. A aplicação de ácidos clareadores (retinóico e glicólico) à noite exige cuidados, como nunca sair de casa sem filtro solar e interromper o uso do ácido entre 48 horas e 72 horas antes de se expor ao sol.

Sudeste – Umidade, vento, poluição e ar condicionado
No verão a oleosidade da pele aumenta. No inverno, nos locais onde o frio é mais intenso, os rostos ficam desidratados e até descamados. A poluição acelera o envelhecimento.
Cuidados gerais: É recomendável a limpeza pela manhã e à noite com uma loção, leite, espuma ou sabonete específicos, seguidos de um tônico. Durante o dia, cremes com substâncias hidratantes e antioxidantes (como oligoelementos, vitaminas A, E, coenzima Q10 e vitamina C). À noite, procure usar um ácido, como o de frutas ou o retinóico. Se houver necessidade, mesmo no verão, alterne o ácido com substâncias clareadoras (ácido kójico ou extrato de Mulbery).

Sul – Inverno rigoroso, geadas, muita chuva e vento
São as mais suscetíveis a sardas, manchas, rugas e flacidez, principalmente no verão. No inverno, o frio, o vento e os banhos quentes fazem a pele ressecar e repuxar.
Cuidados gerais: O uso de protetor solar diariamente é obrigatório, mas prefira os de texturas mais leves. No dia-a-dia, use hidratantes com substâncias anti-radicais livres, como a coenzima Q10 e as vitaminas E e C. Pela curta exposição ao sol, as moradoras do Sul podem aproveitar os benefícios do ácido retinóico à noite durante todo o ano. A pele do corpo pede hidratantes mais pesados.

Norte – Calor intenso e eventuais períodos de chuva
O sol intenso provoca o envelhecimento e uma hiperatividade das glândulas sebáceas. Resultado: pele extremamente oleosa. As morenas são vítimas fáceis de manchas escuras.
Cuidados gerais: Evitar cosméticos com textura gordurosa (cremes, por exemplo). Para manter os poros limpos, use sabonetes à base de ácido salicílico e enxofre, de duas a três vezes ao dia (para peles muito oleosas). Hidrate e proteja sua pele do sol durante o dia. Contra o fotoenvelhecimento, passe à noite um creme (formulado pelo dermatologista) com ácido glicólico ou retinóico.

Centro-Oeste – Clima seco, com baixíssima umidade e verão chuvoso
A combinação é agressiva à pele e pode provocar desidratação, ressecamento, fotoenvelhecimento e câncer de pele.
Cuidados gerais: No inverno é preciso manter a pele do rosto e do corpo hidratada. Para evitar o efeito craquelê, o ideal é usar produtos à base de ceramidas, alpha-hidroxiácidos (AHAs) e lipossomas. Importante: peles oleosas podem apresentar maior ressecamento em algumas partes do rosto. Nesse caso, é necessário aplicar um cosmético para pele seca nas regiões afetadas e manter o cosmético habitual nas outras. Os cremes para o corpo devem ser formulados com uréia, AHAs, ácido láctico, lanolina e vaselina. 

Regras gerais:
1. Use no mínimo um FPS 15 diariamente e um mais potente na hora de se expor ao sol. Procure usar hidratantes que contenham protetor em suas fórmulas. Lembre-se: o Brasil é um país tropical e o sol é o inimigo número um da pele jovem, lisa, bonita e sadia.
2. Use uma fórmula manipulada com ácido à noite para prevenir e tratar os sinais do envelhecimento e as manchas escuras provocadas pelo sol.
3. Nas mudanças de estação, caso a pele mostre sinais de que o cosmético usado não está dando conta do recado, troque o veículo (gel, loção ou creme). Exemplo: no inverno, a pele oleosa pode repuxar. Opte por um cosmético um pouco mais denso, como um gel-creme.
4. Limpeza diária, se a pele repuxar após a limpeza, experimente usar um leite de limpeza ou sabonete líquido. Eles possuem menos detergente e, por isso, são mais suaves. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s