Cláudia Leitte: de cheinha a deusa

No passado, os hormônios fizeram a cantora engordar. Hoje, ela revela os segredos para se livrar dos quilos extras

Claudia Leitte

Quem diria que na adolescência Claudia
Leitte viu os ponteiros da balança subirem
Foto: Mari Queiroz/ Revista Boa Forma

Quem vê Claudia Leitte desfilar seus 56 kg por aí não imagina que a moça já foi gordinha. Aos 19 anos, a loira enfrentou um desequilíbrio hormonal causado pelo uso da pílula e diz ter visto seu peso chegar a 62 kg — embora, na foto, pareça bem mais… Os hormônios estrógeno e progesterona, componentes do contraceptivo, podem, em altas doses, reter líquido e acumular gordura, principalmente em quem já tem predisposição.

Felizmente, isso não acontece com todas as mulheres. Os organismos têm sensibilidades diferenciadas. Por isso que aquele anticoncepcional que faz sua amiga engordar pode não provocar qualquer sintoma em você. Mas nem tudo está perdido para quem apresenta esses desagradáveis efeitos colaterais. Hoje, como o mercado oferece diferentes tipos de pílula, é possível escolher, com a ajuda do seu ginecologista, um produto com baixa dosagem hormonal.

Se mesmo depois da troca os quilos insistirem em aparecer, pense em uma fórmula diferente para evitar a gravidez. Contudo, fique atenta, pois outros problemas são capazes de alterar seu peso . Voltando para Claudinha, um médico a ajudou no controle da dança dos hormônios. Mas, esperta que só, na mesma época disciplinou a alimentação também.

Desse período em diante, passou a regular o consumo de açúcar, refrigerante e fritura, além de aumentar a ingestão de água e de fazer pequenos lanches entre as refeições. Porém, a cantora adora chocolate e não dispensa o doce, principalmente na TPM. Então, como conseguiu ficar magra para sempre? Disciplina! ”Quando a gente tem objetivos, nada se torna difícil”, filosofa a musa do axé. Para manter aquele corpão, a ex-vocalista do Babado Novo corre cerca de 40 minutos por dia, faz alongamento de manhã além, claro, da sua atividade predileta: cantar e dançar no trio elétrico.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s