Luiza Brunet revela truques de beleza e produtos favoritos

Engana-se quem acha que ela faz dieta ou se preocupa demais com exercícios. Luiza tem a genética a seu favor e turbina o visual com alguns segredinhos de beauté: ela não abre mão do autobronzeador, da água termal e do batom vermelho.

Como é emprestar seu nome a um perfume? Você participou da criação? 

Não vou mentir. Para mim, é muito interessante. Não só em termos comerciais e financeiros, mas também pela questão da imagem. Pouquíssimas brasileiras conseguiram o feito. Sinto-me uma privilegiada, parte de uma elite. Quanto à criação, a Avon geralmente propõe um conceito e então trabalhamos juntos até bater o martelo. No caso do Poderosa, eu escolhi todas as essências. 

Você é vaidosa?

Muito! Desde pequena, sempre gostei de me arrumar e estar bem-vestida. Acho que é uma coisa que vem de dentro. Sou assim. Adoro me maquiar. Como acho que sou boa nisso, gosto de ser ousada às vezes. Sou louca por batom vermelho e, quando uso, prefiro deixar os olhos mais clean, só com bastante rímel. O visual é chiquérrimo.

Como é a sua rotina de beleza? 

Não saio de casa sem filtro solar – desde quando nem se falava em doenças de pele. Digo que sou curiosa! Gosto de testar cada lançamento. Também trato cada parte do rosto e do corpo separadamente, de acordo com cada necessidade.

Como você mantém seu cabelo longo tão saudável? 

Tenho a sorte de ter bastante cabelo, fios fortes e volumosos. Faço retoque da raiz e hidratação a cada 15 dias, mais ou menos. Além disso, gosto de fazer luzes um pouco mais claras do que o meu tom natural para iluminar o visual. Mas, de jeito nenhum, puxadas para o loiro. Fujo da cor. Acho que eu ficaria horrível! 

Você é adepta da malhação e dessas dietas malucas? 

Amo fazer exercícios, mas como acho feio mulheres musculosas prefiro ficar só nas caminhadas. Acho que o corpo mais bonito é aquele seco e chapado. Quanto às dietas, tenho aversão. Nunca fiz dieta na vida, acredite se quiser. Tenho a sorte de não gostar de doces e me sinto zero atraída por chocolate. Sou fã mesmo é de um bom prato de comida e trabalho com a lei da compensação: se como muito no almoço, dou uma maneirada no jantar. A minha genética ajuda, é claro!

Produtos que ela adora

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

1. Deo Parfum Luiza Brunet Poderosa, Avon, R$ 47*
“Esta é a fragrância mais marcante que desenvolvi até agora. Tem notas de maçã, chocolate branco e sândalo. Um poder só!”
 
2. Eau Thermale, Vichy, R$ 54*
“Hidratar bem a pele é um dos segredos para manter a juventude. Borrifo água termal no rosto sem parar. É refrescante e deixa a pele mais macia e nutrida.”

3. Hydra Life BB Cream, Dior, R$ 269* 
“Adoro a textura úmida que ele tem. Uso para uniformizar o tom da pele.”

4. Ruby Woo, M.A.C, R$ 66*
“Aposto no batom vermelho vibrante quando estou bronzeada. Faço um rabo de cavalo e estou pronta para sair.”

5. Curvex, quem disse, berenice?, R$ 22*
“Acho que toda mulher deveria usar curvex. É fundamental para destacar o olhar e deixá-lo mais poderoso. Não saio de casa sem.”

6. Brillant Bronze Self Tanning, Shiseido, R$ 217*
“Não vivo sem autobronzeador. Principalmente agora, que tomo pouco sol. É ótimo para manter o corpo com uma cor bonita.”

Bela morena

Apesar de quase nunca mudar a cor do cabelo – Luiza acredita que o loiro não lhe cai bem -, ela varia o estilo do corte sem medo. Já provou os fios curtinhos e superlongos. Agora, os mantém pouco abaixo do ombro e faz luzes para iluminar o rosto.

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

1982
“Quando tinha o cabelo bem curto, gostava de deixá-lo secar naturalmente, meio bagunçado.”
 
1991
“Na década de 1990, usava a cabeleira superlonga, quase na altura da cintura. Era um sucesso.”

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

2003
“Conforme a idade passa, o comprimento deve diminuir. Mas sou fã do visual comprido.”
 
2012
“Há poucos anos, cortei as madeixas acima dos ombros. Agora, já estou deixando-as crescer de novo.