Jhanne Pires fala sobre carreira de digital influencer e seu método de auto-reconhecimento de estilos para a Moda

A digital influencer Jhanne Pires
A digital influencer Jhanne Pires. (Foto: Reprodução / Instagram)

Uma influencer que não quer te induzir. Conheça Jhanne Pires, consultora de imagem e moda que se tornou influencer com uma proposta diferenciada, de levar suas seguidoras a reconhecer o próprio estilo

SÃO PAULO, 11 de Fevereiro de 2019 /MF Press Global/– Jhanne Pires tem chamado atenção no mundo da moda e também nas redes sociais. Jhanne é uma das principais influenciadoras digitais de Goiás, mas atua para muito além dos limites de seu estado. Com trabalhos realizados em diversas capitais do país, cursos no exterior e um bazar beneficente para as crianças na África, a influencer tem sido procurada por diversas marcas para ações publicitárias por sua abordagem única que incentiva as seguidoras a encontrarem seu próprio estilo e a reconhecerem-se.

Jhanne relata como começou a sua ascensão como influenciadora digital: “Eu tinha uma marca de roupas mãe e filha chamada ‘Mãe Elegante Filha Princesa’, e foi através dela que comecei a ficar conhecida. As minhas clientes começaram a me seguir nas redes sociais. Meu perfil na época era privado, eu não tinha pretensão alguma de me tornar uma pessoa pública. Aos poucos, fui aceitando as solicitações para seguir das minhas clientes. No meu Instagram eu postava os lugares onde comprava as roupas, os cuidados que eu tinha com estética, e aconteceu que as minhas seguidoras começaram a ir aonde eu ia. Depois que me divorciei, resolvi abrir minha rede social, que era antes privada. Assim, as clínicas e Lojas que eu ia começaram a ver o retorno e começaram a me oferecer parcerias, e assim os trabalhos foram aparecendo e eu fui crescendo”.

Jhanne Pires em viagem à Europa para atualização de moda. (Foto: Reprodução / Instagram)

No entanto, a Moda sempre esteve presente na vida de Jhanne, mesmo antes de ser uma influencer: “Eu já era estudante de design de moda antes de me tornar influenciadora. Fiz cursos no Brasil e no exterior de consultoria de imagem, visagismo e moda, foi aí que abri minha empresa, a Joie Consultoria de Imagem e Visagismo”. Hoje atuo através dela, e faço todos os trabalhos através de contrato entre minha empresa e o cliente, como pessoa jurídica.

Jhanne conta que houve um momento em que parou de trabalhar como influenciadora digital devido a uma proposta diferenciada em relação aos seus clientes de auto-reconhecimento, proporcionada pelo visagismo: “por um momento eu parei de trabalhar como influencer porque naquela altura foi perdendo o sentido influenciar as pessoas a fazerem o que eu faço, sendo que minha empresa ajuda as pessoas a se reconhecerem, porque são únicas”.

Em um evento onde eu fiz presença VIP, uma seguidora estava com um body que eu postei. Ela comprou por minha causa, e veio toda feliz me mostrar. Fiquei triste em ver o quanto a peça não favoreci seu biotipo, pelo recorte e cores. Hoje reafirmo com o trabalho com a marcas, mas em minha rede social e no meu canal no YouTube, chamado Vista-se de si, irei ajudar as pessoas a se reconhecem, respeitando sua personalidade, necessidades e desejos, para saberem o que usar, e comprar somente o que realmente as representam”.

Jhanne afirma que seleciona as marcas com que trabalha e busca entender a essência e conceito dos produtos antes de fazer parcerias: “Tenho muito critério e cuidado de associar a minha imagem somente a produtos com os quais me identifique, que valham a pena para mim e para as minhas seguidoras. Sempre irei avaliar as marcas antes de trabalhar com elas, afim de divulgar a sua história. Toda marca tem uma história por trás e ela deve ser divulgada juntamente com sua identidade”.

Jhanne Pires (Foto: Divulgação)

Eventos Beneficentes

Em 24 de novembro do ano passado, Jhanne realizou um bazar beneficente, o Bazar Jhanne Pires – edição Missão África. O evento aconteceu no Manakai Sport, com entrada gratuita. Toda a renda gerada foi destinada a missão África.

Presença VIP

“Faço mais do que comparecer a um evento, ficar duas horas e sair sem acrescentar nada à vida das pessoas. Procuro realizar um bate papo falando de moda juntamente com a imagem, pois eu acredito numa moda que gera identidade”, afirma Jhanne.

Shooting

“É um trabalho que fazemos para lançamento de coleções. O shooting consiste em fotos que mostram vários looks. Atualmente este tipo de trabalho é feito mais para a ocasião de lançamento de novas coleções, mas também pode ser feito para expor vários looks, mesmo com peças que não pertencem àquela coleção”.

Provador Harmônico

“Ao fazer o provador não fico em frente o espelho falando ‘olha que lindo!’ Eu fazia isso antes, mas hoje seleciono as peças com harmonia em cores, falo de biotipos no provador, para que antes que elas comprem, elas primeiro se identifiquem. Não é favorável para mim, nem para elas e nem para marca que elas façam compras desnecessárias. A melhor forma de fidelizar clientes é atendendo às suas necessidades”.