Quebrando tabus: Danni Cardillo fala esclarece mitos e verdades sobre o sexo

Há poucas décadas atrás o sexo era assunto proibido. Os tempos mudaram e o tema começou a ser mais discutido de forma pública — por meio de programas de tevê e também na internet com blogs, fóruns e chats. Mas, apesar de aos poucos perder o status de tabu, algumas lendas sexuais ainda circulam por aí.

A terapeuta tântrica Danni Cardillo explica que esses mitos são resultado de anos de não-diálogo, o que favorece o surgimento de achismos e falsas informações acerca do tema. “A sexualidade e a forma como é abordada se dá por uma construção cultural, uma sociedade que pouco explora o tema abre margem para a desinformação”, argumenta.

A sexólogo e terapeuta tântrica Danni Cardillo – Foto: Reprodução

Orientais tem pênis pequeno, se masturbar demais deixa mão peluda, sexo na água diminui as chances de engravidar. Essas são comumente algumas das inverdades ouvidas em conversas informais, por isso a especialista no tema Danni Cardillo esclareceu os principais mitos e verdades sobre o assunto.

Engolir esperma faz mal? DEPENDE
O esperma em si — composto em sua maioria por proteínas, açúcares e espermatozóides— não causa problemas, porém a ingestão pode causar afetar de saúde caso o parceiro sexual possua algum tipo de doença sexualmente transmissível (DST). “Gonorréia e hepatite são exemplos de doenças que podem ser transmitidas quando há contato direto e desprotegido com os fluidos genitais e pelo fato do sêmen poder ser um fator de transmissão a camisinha é recomendada, ou o casal pode trocar exames e desfrutar sem medo”, analisa.

Tomar anticoncepcional diminui o desejo sexual? VERDADE
Devido a baixa nos níveis de estrogênio, as mulheres podem apresentar perda da libido ao fazerem uso do contraceptivo. “Depende do tipo de pílula, da adaptação e das características fisiológicas da mulher e apesar dos comprimidos virem com doses cada vez mais baixas de hormônios, o efeito ainda pode ser sentido. Caso isso aconteça o ideal é procurar outras alternativas que não causem frustração sexual”, aponta.  

Sexo na água diminui as chances de engravidar? MITO
Caso a relação seja desprotegida as chances de engravidar são reais e nada de achar que água vai entrar na vagina e matar os espermatozoides. “Quando a ejaculação é fora, o esperma pode ficar diluído na água, apesar do certo ser não brincar com a sorte”, comenta Danni Cardillo.

Relação sexual durante a gravidez machuca o bebê? MITO
O bebê é protegido por uma bolsa amniótica então as chances dele se machucar são quase nulas, Danni aponta que nesses casos é importante estudar apenas as posições para evitar que o peso do homem cause traumas abdominais. “Com a proximidade do parto é importante tomar cuidado com a força e evitar movimentos bruscos que possam causar parto prematuro”, alerta.

Ficar de pernas para cima pode ajudar a mulher a engravidar? VERDADE
Apesar de não ser uma regra e a fecundação depender muito mais do período de fertilidade da mulher, ficar com as pernas para cima pode ajudar o espermatozoide a chegar com mais facilidade ao útero. “Mulheres que tendem a perder o sêmen com mais facilidade podem se beneficiar dessa técnica, além disso se o homem demorar um pouco mais a retirar o pênis após o término da relação melhor ainda”, recomenda.