Renove-se com a nova técnica de preenchimento facial

Realizado com ácido hialurônico, o método aprimora o processo de consulta, auxiliando o médico a compreender as reais expectativas da paciente

Às vezes acontece: a gente acorda, se olha no espelho e passa a enxergar características que não nos agradam tanto assim. Pode ser uma olheira mais profunda, o bigode chinês, ou a simples vontade de parecer mais feminina. Mas verdade seja dita: na busca pela nossa melhor versão, nem sempre é fácil explicar aquilo que realmente nos incomoda.

É aí onde mora o perigo. Afinal, são muitos os casos de mulheres que se submetem a procedimentos estéticos e em vez de elevarem sua autoestima, acabam infelizes com o resultado. Isso porque a comunicação entre médicos e pacientes nem sempre é efetiva.

A boa notícia é que, hoje, há uma série de técnicas inovadoras e produtos revolucionários que ajudam você a se sentir mais satisfeita com o seu rosto. O preenchimento facial de ácido hialurônico, por exemplo, é um dos tratamentos estéticos mais realizados no mundo para amenizar rugas, corrigir pequenas imperfeições e até melhorar a hidratação da cútis.

Produzido naturalmente pelo nosso corpo, a substância é responsável por deixar a pele lisa, e hidratada. Entretanto, após os 25 anos, o organismo diminui sua capacidade de produção, causando a perda de estrutura em determinadas áreas do rosto. Por isso, o tratamento feito com ácido hialurônico devolve a hidratação, o contorno e a estrutura facial perdidos com o tempo.

Aplicação que faz a diferença

Um dos principais desafios enfrentados pelos médicos que trabalham com esse tipo de aplicação está na interpretação das expectativas das pacientes. Isso porque é comum que a cliente não saiba explicar exatamente a causa da insatisfação e aponte uma área que não corresponde à queixa.

Há tempos a indústria farmacêutica reúne esforços para oferecer ao mercado uma solução para esta demanda. Após anos de estudos, o cirurgião plástico brasileiro Dr. Maurício de Maio, desenvolveu o MD Codes Visionary, uma técnica de preenchimento facial de ácido hialurônico Juvéderm®, lançada neste ano em parceria com a Allergan, que aprimora o processo de consulta, estabelecendo resultados com base nas mensagens emocionais que os pacientes gostariam de transmitir.

“Percebemos que mais do que tratar marcas do tempo, a pessoa quer ser percebida como atraente, com aparência descansada, jovial, suave. Seguimos pensando na fisiologia do envelhecimento como um todo, porém com novos focos de atuação: locais do rosto que mais exteriorizam nossas expressões, como a boca, os olhos e a região da testa próxima à sobrancelha”, explica o criador da técnica. A partir desta avaliação, o tratamento adequado é definido, promovendo resultados eficazes.

Lançado no ano passado no Brasil, após 20 anos de estudos do cirurgião plástico Maurício de Maio, o MD Codes, faz uma análise facial completa. Nela, o rosto é mapeado por uma série de pontos que ajudam o médico a identificar a causa do incômodo, que é tratado com preenchimento facial de ácido hialurônico Juvéderm®. Revolucionária por sua qualidade e precisão, a técnica já foi aprendida por mais de 20 mil médicos de inúmeros países. Já o Visionary, é uma evolução da técnica e identifica a combinação dos códigos para tratar as áreas do rosto que estão diretamente ligadas às emoções específicas.

Resultado otimizado

O ácido hialurônico é um grande aliado contra os sinais do envelhecimento, corrigindo rugas e assimetria facial, eliminando pequenas cicatrizes e até aumentando os lábios! Aliado à técnica MD Codes Visionary, que se utiliza dos oito pontos descritos abaixo, a paciente poderá parecer:

  1. Menos triste
  2. Menos cansada
  3. Menos brava
  4. Menos flácida
  5. Mais jovem
  6. Mais atraente
  7. Mais magra
  8. Mais suave/feminina

Além de garantir um resultado natural e durável – varia de 12 a 24 meses –, a aplicação é feita em consultório. Os resultados são certeiros e, em alguns casos, similares aos conquistados com procedimentos cirúrgicos.

Fique ligada!

– Procure um médico especializado para fazer este tipo de intervenção. Além de buscar indicações entre amigos e conhecidos, informe-se sobre o histórico do profissional e só siga em frente quando se sentir 100% segura.

– Converse com seu médico e pergunte sobre a procedência das substâncias utilizadas por ele.

BR/0481/2017