Cabelo mais jovem: tratamentos anti-idade para fazer em casa e no consultório

Assim como a pele, o cabelo também precisa de cuidados antienvelhecimento. Conheça os truques para exibir mechas lindas hoje e sempre - dá para fazer em casa ou no consultório médico

O volume do cabelo reduz drasticamento ao longo da vida por conta do envelhecimento capilar
Foto: Getty Images

A partir dos 35 anos, o cabelo vai naturalmente afinando e, devagarinho, deixando o couro cabeludo aparente. Quem tem a cabeleira vasta demora para perceber o efeito no visual, mas ninguém escapa. “Só para ter uma ideia, nascemos com aproximadamente 600 fios por centímetro quadrado e, aos 80 anos, esse número cai para 300”, exemplifica o tricologista Valcenir Bedin, dermatologista especializado em cabelos e presidente da Sociedade Brasileira do Cabelo (SP). Mas não é só o envelhecimento cronológico que conta. Poluição, cigarro, sol, tratamentos químicos frequentes (em intervalos menores que 30 dias) e má alimentação também roubam a juventude capilar, já que fragilizam o bulbo e desgastam as fibras. Os campeões em acelerar o envelhecimento são o fumo – a nicotina diminui a oxigenação dos fios e provoca a perda de viço – e a radiação solar, que destrói as proteínas (melanina e queratina) das fibras. Veja como prevenir e combater os efeitos do tempo com cosméticos, pílulas e tratamentos dermatológicos para exibir cabelos cheios de vida em qualquer idade.

Em casa

“A sensação de cabelo fino e ralo gera uma situação bastante desconfortável e interfere na autoestima”, diz a dermatologista Adriana Vilarinho (SP). “Fórmulas cosméticas com princípios ativos potentes, capazes de atuar dentro do bulbo capilar, aliadas a uma alimentação balanceada, ajudam a reverter esse quadro”, finaliza a médica. Entram para a lista algumas substâncias, como aminoácidos, vitaminas, cafeína e niacinamida. Ativos que fecham as escamas dos fios e protegem dos agentes externos também são potentes contra o envelhecimento. São eles: ômega 6, que reconstrói a fibra capilar ao ser transformado em ceramida; coenzima Q10, que reativa a produção de queratina reduzida com o passar do tempo; e colágeno, que completa os espaços gerados na estrutura dos fios.

Cabelo mais jovem: tratamentos anti-idade para fazer em casa e no consultório

Fotos: Divulgação

1. Máscara de Tratamento Age Premium, Kérastase, R$ 160*

2. Silk Serum Healing Strength, L’anza, R$ 112*

3. Tratamento Fortificante Avançado Age Defy, Pantene, R$ 54,90*

Cabelo mais jovem: tratamentos anti-idade para fazer em casa e no consultório

Fotos: Divulgação

4. Tut Hair Antiidade Shampoo Revitalizante, Biotropic, R$ 16*

5. Shampoo Amplexe Hydra Balm, Adatina, R$ 56*

6. Máscara Reparadora Anti-Age, Amend, R$ 22*

7. Leave-in Anti-Frizz Anti-Age, Charis, R$ 36,90*

No consultório

Quando a perda de densidade capilar é visível, é preciso dar uma força extra aos cuidados diários e aos bons hábitos alimentares. Existem tratamentos dermatológicos que minimizam o problema e rejuvenescem os fios, deixando-os mais resistentes:

Medicamentos

“Contra a perda de fios, o remédio de uso tópico que oferece melhores resultados é o minoxidil: ele dilata os vasos, aprimorando a irrigação sanguínea e a absorção de nutrientes. Mas só pode ser recomendado por um médico”, explica o tricologista Valcenir Bedin.

Mesoterapia

Outro método que ajuda a manter a cabeleira jovem é a injeção de vitaminas (biotina e piridoxina), minerais (ferro, zinco e cobre) e estimulantes (minoxidil) no couro cabeludo.

Infusão transiônica

Consiste na infiltração de fitoterápicos e na retirada do excesso de gordura.

Eletroestimulação do bulbo

Corrente elétrica de alta frequência que acelera a atividade celular da região, contribuindo para um cabelo mais resistente à queda. O procedimento melhora a oxigenação do couro cabeludo, que passa a receber mais nutrientes.

>> O envelhecimento capilar também provocar a queda dos fios. Saiba como minimizar esse problema com a ajuda de algumas cápsulas!

*Preços pesquisados em maio/2013