Conheça os 5 métodos de clareamento de fios que estão bombando

Clarear os cabelos é uma missão seríssima! Qual tom escolher, que técnica usar, como manter a saúde dos fios. As dúvidas são muitas. Para resolvê-las, montamos um guia com tudo o que você precisa saber antes de mergulhar nessa aventura dourada.

Engana-se quem acredita que só existe um método para clarear os fios. Para saber qual procedimento vai funcionar melhor, é preciso levar em conta o fundo natural do cabelo, o tom da pele e até o comprimento.

Conheça as técnicas da vez:

EMMA STONE – BABYLIGHTS

O QUE É: “Mechas bem fininhas e delicadas feitas em mais de uma cor.  Elas partem da raiz  e se concentram no topo da cabeça, ao redor do rosto e nas pontas”, explica Marcos Proença, cabeleireiro de São Paulo. A ideia aqui é que as luzes imitem feixes de luz natural, como se o sol estivesse batendo  nos fios o tempo todo.

VALE LEMBRAR: 
• Para garantir o resultado natural, as mechas devem ser levemente mais claras do que o tom dos fios. 
• Essa técnica é democrática e pode ser feita para dar mais leveza aos castanhos ou para acender 
loiros e ruivos. 
• “Mulheres que têm  a base clara podem usar tons de dourado para reproduzir  o efeito de queimado de sol”, opina Eron Araújo, cabeleireiro  de São Paulo.

ALINNE MORAES – INVISÍVEIS

 O QUE É: feixes muito fininhos feitos para iluminar o cabelo como um todo.Diferentemente dos outros métodos, que chamam a atenção para pontos específicos, esse distribui as cores por igual para atingir um resultado quase imperceptível.

VALE LEMBRAR: 
• “O segredo do sucesso está na escolha dos tons, que podem ser até dois ou três, mas todos bem próximos da cor da raiz do cabelo. Assim, eles podem ser aplicados em toda a cabeça  sem que o resultado fique articifial”,  explica Proença. 
• Caso queira evidenciar o  efeito, escolha  um corte com  pontas irregulares, caso dos repicados  em camadas. 
• As invisíveis são ótimas para iluminar  o cabelo de quem  tem fios castanhos.

GIOVANNA LANCELLOTTI – SOMBRÉ

O QUE É: a nova versão do ombré. Se antes o visual era mais marcado, agora ele segue a onda mais sutil, que está em voga na beleza. “Funciona como um degradê mais suave do que  o antigo ombré, o  que resulta em um look muito mais harmônico”, diz Proença. “O sombré  é feito com dois ou três tons mais claros do que a cor verdadeira e cria a sensação de um sombreado”, explica Juha Antero, colorista de São Paulo. 

VALE LEMBRAR: 
• Nesta técnica, as luzes se concentram, principalmente, da altura das orelhas para baixo, até as pontas.
• Pode ser feita  em loiras e também em castanhas que queiram aloirar. 
• “Quem quiser um efeito mais cool pode combinar o sombré com as babylights”, afirma Eron.

Agência Fotosite Agência Fotosite

Agência Fotosite (/)

GIGI HADID – STROBING

O QUE É: lembra da técnica de make que ajuda a iluminar todo o rosto, destacando os ossos da face?  Pois com o cabelo aconteceu a mesma coisa. Nesta versão,  o clareamento visa valorizar os traços e combina luzes de tamanhos e nuances bem variadas.

VALE LEMBRAR: 
• Elas são feitas por toda a cabeça e usam, geralmente, cores de dois tons mais claros a dois mais escuros que a cor original dos fios.
• O strobing no cabelo, assim como  no make, serve para realçar o que cada rosto tem de melhor. Se você precisa afiná-lo, por exemplo, deve manter o contorno da face escuro e clarear  a raiz e as pontas.
• “Essa técnica é ótima para quem  quer dar um toque descolado ao visual. A mistura de vários tons é supercool”, diz Juha.

OLÍVIA PALERMO – BRONDE 

 O QUE É: como o nome em inglês sugere, é uma mistura de castanho (brown) com loiro (blonde) e cria, tanto nos castanhos mais claros quanto nos 
bem escuros, um efeito superiluminado.

VALE LEMBRAR: 
• “O fundo e a raiz dos fios são mantidos em sua cor natural. O efeito iluminado é conseguido graças a mechas finas em tons de mel e dourado distribuídas por todo o comprimento”,  explica Juha Antero.
 • “O bronde é ideal para quem quer começar a clarear  os fios aos poucos,  mas ainda tem muito 
medo de sair do castanho”, diz Proença. 
• Loira ou castanha? Bem, não há uma resposta certeira, pois o bronde fica mesmo no meio do caminho. Por isso, é uma ótima opção para mulheres que querem ser loiras, mas têm a raiz escura. 

Agência Fotosite Agência Fotosite

Agência Fotosite (/)