5 pontos para ter em mente antes de pedir demissão

Será que é um dia ruim ou realmente é a hora de mudar de emprego?

Mal começou o dia e você já está desanimado para ir trabalhar? A gente sabe que é cada vez mais comum as pessoas encararem um ambiente de trabalho cheio de competitividade, de pressão por resultados e de metas. Por isso, muitas acabam querendo “descer do trem em movimento” e acabam pedindo demissão. Mas será que tomar essa decisão é tão simples assim? Deixar um cargo em uma empresa é algo que exige cautela e planejamento. Se você estiver pensando em pedir as contas, listamos alguns pontos importantes para ter em mente, com a ajuda da master coach de carreira Alessandra Ferreira, antes de dar esse grande passo:

1. Será que não é só um dia ruim? 

Antes de tudo, é importante saber identificar se você não está feliz de verdade com o seu trabalho. “Isso não acontece de um dia para o outro, é um processo de autoconhecimento. Temos observado um movimento de impulsividade, onde as pessoas acabam pecando pela pressa”, comenta Alessandra.  De acordo com a coach, nem todo mundo sabe administrar as pressões diárias, e por isso, o melhor é trabalhar o controle emocional para encarar essa nova fase. A gente sabe que não é fácil lidar com um chefe no cangote e às vezes dá vontade fugir para as colinas, longe do escritório! Mas respire fundo e analise com calma aquilo que está te deixando insatisfeita na profissão. Evite tomar grandes decisões por impulso. Afinal de contas, todo mundo acaba passando por um dia ruim no trabalho, eles fazem parte da carreira. É sempre bom ponderar. Agora, se a insatisfação estiver se prolongando e afetando a sua qualidade de vida, pedir a demissão pode ser sim a melhor decisão.

2. Organize as contas

A ideia de começar tudo do zero traz uma sensação de liberdade, não é? Mas na prática, não podemos esquecer que as contas para pagar continuarão chegando. Para você não correr o risco de ficar sem grana, faça as contas de quanto você precisa para se manter sem o emprego até encontrar um novo trabalho. Principalmente se a ideia é começar o próprio negócio ou investir em uma carreira solo ou freelance. Outra sugestão da coach é a de que se a grana estiver muito curta, espere um pouquinho mais para pedir demissão e faça uma reserva de dinheiro para os meses em que estiver sem rendimentos.  

3. Planeje a vida pós-demissão

De acordo com a coach, saber planejar o período de “pós-demissão” é algo que ajuda a facilitar o processo. “É importante analisar com antecedência questões do dia-a-dia, como o que fará depois de largar o emprego, como será a rotina e quais obstáculos enfrentará”, afirma. Por isso, que tal pegar um dia tranquilo para colocar no papel (literalmente!) o passo-a-passo que você irá seguir? Monte um cronograma, planeje com calma e organize as ideias do seu projeto futuro para não passar apuros lá na frente, seja lá qual for a sua intenção – viajar, montar o próprio negócio ou até mesmo mudar de profissão. Assim ficará mais fácil saber se os planos que você tem em mente são viáveis.

4. Converse com quem mora com você

Largar o emprego envolve uma nova rotina, algumas mudança de hábitos, economizar em alguns momentos. Por isso, é sempre bom ter o apoio da família ou de quem mora com você. Converse sobre sua decisão, mostre seus planos para o futuro e peça ajuda para organizar as contas da casa. Claro, a decisão final quem toma é você, mas caso ela afete outras pessoas, é importante ter uma conversa franca antes. Isso pode até te ajudar a se sentir mais segura nesta nova etapa. 

5. Tenha foco e disciplina

Está certa de que vai pedir demissão? Então mantenha o foco no seu objetivo final. A coach, que também passou por essa situação ao decidir deixar a empresa em que trabalhava, teve que se planejar para conseguir seguir a carreira que desejou. “Eu tinha 20 anos no meio corporativo, fui me preparar em termos de formação e fiz todo o meu planejamento financeiro antes”, conta.

Se depois de analisar todos os tópicos você se sentir confiante para começar essa nova fase, se inspire nas dicas da coach, analise com calma, use o planejamento a seu favor e vá em frente!

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s