5 situações em que as mulheres levam vantagem no networking

Conheça as características tipicamente femininas quando o assunto é networking

A mulher não perde a chance de fazer contatos em todos os ambientes
Foto: Getty Images

Para competir no mercado de trabalho é necessário ter cursos de línguas, pós-graduação, saber trabalhar em equipe, mostrar aptidão para liderança de grupos e, é claro, fazer um bom networking.

Fazer networking é a atitude de conhecer, apresentar e recomendar pessoas, algo que as mulheres costumam fazer com muita naturalidade – fora do ambiente de trabalho. No mundo corporativo, essa prática significa usar de forma consciente e estruturada a rede de relacionamentos profissionais para que, futuramente, esses contatos possam render negócios ou até mesmo um novo emprego.

A edição especial para mulheres da revista VOCÊ S/A listou 5 características tipicamente femininas que ajudam a mulher a ter vantagem no networking. Confira:

1. Antes de serem solicitadas, as mulheres conseguem perceber a necessidade do outro e oferecem ajuda. Criam interação no ambiente de trabalho e são lembradas para os eventos.

2. A mulher não perde a chance de fazer contatos em todos os ambientes: seja na escola do filho, seja no cabeleireiro, seja quando sai para fazer compras.

3. Busca se inserir em grupos de networking, alguns só para mulheres, para trocar informações e aprender com os outros.

4. Se não participa do golfe, da sessão de charuto ou da happy hour, ela marca um almoço ou um café da manhã para se aproximar das pessoas e não deixar de fazer parte do grupo.

5. Participa de atividades sociais da empresa e do segmento em que trabalha, para se manter sempre por dentro dos assuntos pertinentes à organização.

* Com conteúdo da revista VOCÊ S/A