8 dicas para conseguir descontos

Vergonha que nada! Ter jogo de cintura na hora da compra pode te economizar dinheiro – e você ainda aprende a arte da negociação

Você é daquelas que têm vergonha de pedir um descontinho? Pois saiba que pode até ser difícil no começo, mas vale a pena deixar aflorar a boa negociadora que existe aí dentro. Afinal, o máximo que você vai ouvir do vendedor é um não, certo? Se ele aceitar sua proposta, você fará um ótimo negócio! Confira as dicas de Samy Dana, economista e colunista da AnaMaria, e comece a praticar. Lembre-se de que muitas lojas só dão desconto se o cliente pede!

1. Antecipe-se

“Que o Natal esteja a seu favor”

A palavra de ordem é planejamento! Quando o Natal ou outra data comemorativa estiver chegando, compre com antecedência para evitar os preços altos. Além disso, é mais fácil aceitarem a sua pechincha quando ainda tem pouca gente interessada em comprar. É difícil conseguir um desconto quando a loja está bombando.

2. Pesquise sempre

Chegue preparada na loja. É importante que você saiba quais são os estabelecimentos concorrentes e por quanto estão vendendo o item que você tanto deseja. Assim, dá para conseguir argumentar melhor com o vendedor e as chances aumentam.

3. Faça uma proposta

Assim que escolher o produto que quer levar, vá até o vendedor e diga o valor máximo que pode pagar pelo item. Isso mesmo! Afinal, quem quer fazer um bom negócio precisa saber pedir. Um pouquinho de cara de pau não vai mal nesses casos. Certamente ele virá com uma contraproposta, mas isso já é melhor do que nada, não é mesmo?

4. Chame o gerente

Caso o vendedor diga que não tem como dar desconto nenhum, pergunte com jeitinho se há alguma possibilidade de chamar o gerente. Vai que com ele dá pra mudar, né? Mas, se ele falar que o gerente também não poderá fazer nada, não insista ou parecerá grosseira.

5. Evite os blefes

Se você sabe que vai levar o produto de qualquer jeito, mesmo que não consiga o desconto, não se arrisque dizendo que desistirá da compra se o preço não baixar. Se você levar o item pelo preço original depois de ouvir um não, sua credibilidade na loja vai pelo ralo!

6. Fuja dos exclusivos

A chance de sucesso é maior em dois casos: quando os itens deixam de ser lançamento e quando eles não são exclusivos. Um exemplo é a fritadeira sem óleo. No começo, só existia uma e era caríssima. Hoje, com outros modelos, estão mais em conta e há margem para negociação.

7. Use o bom senso

Em um supermercado ou em uma grande loja de departamentos, as chances de negociação são mínimas. Invista nas lojinhas e nos mercadinhos de bairro, aí sim a pechincha dá resultado! Capriche na lábia quando for comprar algo caro, como um carro ou casa. Aí certamente é possível conseguir um desconto dos graúdos!

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s