Caso real: aprenda comigo como ganhar mais

Nasci pobre, mas conquistei junto com minha mulher uma renda mensal de R$ 10 mil e muitas propriedades

Caso real: aprenda comigo como ganhar mais

Ter uma boa educação financeira é 
essencial para juntar dinheiro e 
crescer na vida
Foto: Getty Images

Meu primeiro casamento durou só quatro anos, mas me rendeu dois filhos e um divórcio aos 23 anos, em 1984. Eu continuei morando com os meus pequenos em um barracão no terreno da minha mãe. Sem estudos, profissão e emprego, tive que me desdobrar. Tentei ser costureira, fiz curso de cabeleireira e trabalhei como vendedora. 

Tudo com muito suor, mas venci na vida. Subi de classe social e conquistei o conforto que sempre sonhei. E isso só foi possível porque encontrei um companheirão no caminho, o Neu. Juntos, enriquecemos.

Economizava 15% do meu salário

Fazia tempo que eu não via o Neu. Ele era amigo do meu irmão na infância e o reencontrei em 1988. Aí, começamos a namorar. Ele me pareceu um rapaz bonito e maduro. Enquanto a gente namorava, acompanhei o empenho dele em passar no vestibular. Deu certo, e fizemos uma superfesta! Era a chance dele de crescer na vida e ajudar a família, que vivia de aluguel e era bem humilde.  Eu venho da classe D e ele, da E ou F, se é que isso existe. 

Decidimos morar juntos em 1994. Recebemos o Neu de braços abertos na nossa casa. Ele topou o pacote completo: esposa e filhos. Desde o primeiro dia, estabelecemos a divisão das despesas, com contas separadas e um único objetivo: o bem-estar da nossa família. Com o pouco que o Neu ganhava, conseguia pagar a parte dele e ainda poupava uns 30% do salário. Aprendi a economizar com ele. Eu tinha um salário menor, e conseguia economizar até 15% por mês. Com sacrifícios!

Juntamos R$ 17 mil

Em 1995, aos 30 anos, foi a minha vez de comemorar a entrada na universidade. Passei em Letras. Também fui aprovada em um concurso interno para trabalhar na faculdade. Ralei para aguentar o ritmo. Estudava de manhã, trabalhava à tarde e dava aulas de português em escolas à noite. Uma vida corrida, com quatro horas de sono e pouco dinheiro na conta. Mas tudo combinado: trabalhar muito, juntar dinheiro e chegar aos nossos objetivos.

O primeiro deles foi a compra de um lote para construirmos a nossa casa. Em 1998, conseguimos: juntamos R$ 17 mil. O Neu também vendeu a motinho que ele tinha e conseguiu comprar outro lote para a casa da mãe dele. Em 1999, casamos no civil. No ano seguinte, engravidei do Daniel, meu terceiro filho e o primeiro do Neu. Ele também estava no nosso planejamento. 

Caso real: aprenda comigo como ganhar mais
Nosso segredo para vencer na vida foi apostar na educação e economizar dinheiro 

Estudar foi o nosso caminho para vencer

Depois da faculdade, a rotina apertada continuou. Fiz mestrado em Letras e continuei com os dois empregos. O Neu também se especializou com mestrado em Química e doutorado em Ciências Ambientais e continuou dando aulas. Sempre acreditamos que o investimento nos estudos nos renderia uma vida melhor. Conhecimento não se compra, não se perde, não tem preço! Também perseguimos a ideia de passar em um concurso público, em busca de estabilidade. Conseguimos: o Neu para professor universitário de química e eu para secretária-executiva no Instituto de Química da mesma universidade federal.

Pouco a pouco, construímos a nossa vida. Tudo em razão do nosso cuidado com o dinheiro. Sempre fomos consumidores conscientes e tentamos passar isso para os nossos filhos. Graças a Deus, nunca nos faltou nada.

Desde 2002 vivemos na nossa casa nova. Aqui temos bastante conforto, com quintal grande e piscina. Também só trabalho seis horas por dia. Hoje somos considerados classe B. Temos a vida que planejamos e até nos permitimos uma compra desnecessária de vez em quando, mas só de vez em quando!

Os nossos conselhos para sair da ralé e conquistar uma vida rica estão aí. Somos provas de que nascer pobre não é escolha, mas enriquecer é!

 

O que conquistamos com muito suor

. Renda mensal de R$ 10 mil.

. A nossa casa própria.

. A casa onde vive a minha sogra, mãe do Neu.

. Uma outra casa, para o caso de nossos filhos precisarem.

. Um lote para construir uma quitinete (para alugar).

. Um carro Meriva zero km.

. Um carro CrossFox novo.

. Dinheiro rendendo na poupança (R$ 40 mil).

. Escola particular desde os 3 anos para o Daniel.

. Investimento para um mês na Europa, em 2012.

 

Quanto mais ganho, menos eu gasto

Neucírio Ricardo de Azevedo, 42 anos, professor universitário, marido da Rosilda

”Aprendi desde criança o valor do dinheiro. Principalmente a falta que ele faz. Também descobri o gosto pelos estudos: fiz faculdade, mestrado e doutorado. A minha história com a Rosilda deu certo porque tínhamos os mesmos planos: construir uma família, ganhar estabilidade e conforto financeiro. Daí traçamos os nossos objetivos e lutamos para concretizá-los. Foi tudo com muito suor, foco, estudo, consciência e economia. Também aprendemos a ter uma vida simples, comprando só o que é necessário. O resultado é uma boa vida de conforto. Poupar me dá um sentimento de segurança. É a estabilidade que quero passar para o Daniel. E espero que ele tenha herdado os meus genes da economia! Ser um adulto rico é questão de consciência. Somos provas disso, vencemos na vida. O meu lema é: ”Quanto mais eu ganho, menos eu gasto”.

Para ler
Casais Inteligentes Enriquecem Juntos, da Editora Gente, R$ 34,90 – www.editoragente.com.br

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s