Entenda quando vale a pena pagar aluguel

Quem está com a vida indefinida ou tem grana em investimento é inquilina esperta! Veja como se dar bem

Foto: Getty Images

Existe aluguel que vale a pena, sabia? Com tanta casa nova em oferta por aí, a gente fica tentada a fazer uma dívida de até 35 anos para realizar o sonho da casa própria. Mas nem sempre um financiamento é o melhor negócio. Saiba que o aluguel pode ser uma boa, sim!

“Muita gente vê a locação como vilã. Em duas situações, porém, ela compensa: quando você tem dinheiro para comprar o imóvel e paga até 0,5% do valor dele no aluguel ou quando a estrutura da família ainda não estiver definida”, diz a consultora financeira Gabriela Carneiro do Carmo Amancio Vale*, lembrando que o condomínio não entra nessa conta por se tratar de uma despesa fixa.

Entenda melhor quando pagar aluguel vale a pena e quando não é bom gastar com ele:

Você aplica sua grana e consegue pagar o aluguel com o rendimento
O aluguel compensa quando não passa de 0,5% do valor total do imóvel que você pretende comprar e tem dinheiro pra fazer isso. Por exemplo: se a casa dos seus sonhos custa R$ 100 mil, e você já tem essa grana, continue pagando o aluguel se ele não passar de R$ 500. “É só colocar todo o dinheiro numa poupança ou em outra aplicação com rentabilidade igual ou superior a 0,5% ao mês. Assim, você consegue quitar o aluguel somente com os juros”, explica a consultora Gabriela. A especialista acrescenta que, se o dinheiro for bem aplicado – isto é, se render ainda mais e você poupar -, vai virar uma grana extra. Assim, no futuro, você poderá comprar um imóvel melhor.

Sua vida ainda não está definida
Se você sonha em se casar e ter filhos, comprar um apê agora é arriscado porque ele pode ficar pequeno! Se o plano é mudar de emprego, cidade ou estado, investir numa compra também não é uma boa: a casa pode ficar longe de tudo, inclusive de você! Nesses casos, vale a pena manter-se no aluguel. “O ideal é o casal atingir uma fase de vida mais estável, na qual as mudanças sejam menos constantes. Guardar dinheiro e só comprar a casa certa no momento certo evita uma dívida de 35 anos ou até o fim do financiamento”, diz a consultora.

Se a sua renda não ajuda, invista na casa própria
Não vale a pena pagar aluguel quando você não se encaixa nos exemplos anteriores. O conselho da consultora é procurar programas do governo que atendam famílias com rendas entre R$ 1.600 e R$ 5 mil para a compra da casa própria. “Uma dica é gastar até 20% no aluguel e guardar outros 10% numa aplicação. Para uma família com renda de R$ 3 mil, o ideal é pagar até R$ 600 de aluguel e aplicar R$ 300.” A especialista acrescenta: “Tal valor poderá ser, no futuro, a entrada da casa.”