Invista em sua carreira profissional

Confira dez dicas para você crescer no trabalho e se tornar uma profissional bem-sucedida

Invista em sua carreira profissional

Planejamento e investimento são atitudes 
de ordem para se dar bem na profissão
Foto: Getty Images

A maioria dos anúncios de emprego pede gente com um bom nível de escolaridade, qualificação e experiência. Por isso, se você está à procura de um trabalho legal, compensa investir em sua formação. Aqui vão dez coisas que você pode fazer para mudar sua vida profissional:

Prestar um concurso público
Existem vagas para todas as profissões no setor público. Mas você precisa passar na prova. Há cursos preparatórios por cerca de R$ 100 e apostilas para estudar em casa por R$ 30 cada uma.

Aprender inglês ou espanhol
Mesmo que você tenha um emprego bom, se souber falar outra língua, a carreira pode engrenar ainda mais.

Fazer um curso profissionalizante
Fica mais fácil arrumar um emprego quando você tem uma profissão. Se você não se especializar em nada, não vai saber nem o que procurar. Por isso, um curso aumentará muito suas chances.

Comprar um celular
Você trabalha com serviços ou está procurando emprego? Vai precisar do telefone para que seus clientes ou empregadores a encontrem. Os pré-pagos custam a partir de R$ 200.

Tirar carteira de motorista
Saber dirigir conta na hora da seleção de emprego, principalmente se a vaga for de vendedora. O custo varia, mas fica, em média, em R$ 300, com documentos, aulas e exame. Algumas auto-escolas parcelam em até 12 meses.

Entrar na faculdade
Você sonha em tirar diploma? Matricule-se num cursinho para se preparar. Muitos são gratuitos ou têm preços especiais (cerca de R$ 60 por mês).

Ler revistas e jornais
Além de melhorar o português, você ficará bem informada e saberá das oportunidades antes dos outros.

Ser voluntária
Como você terá experiência se nunca se empregou? O jeito é fazer trabalho voluntário em creches, hospitais, escolas. Além de ajudar no currículo, você vai colaborar com quem precisa.

Adquirir um computador
Custa, em média, R$ 1.200, mas pode ser comprado a prazo. Com ele, você navega pela internet, faz cursos e pode faturar com digitação e pesquisas.

Terminar os estudos
Oito em cada dez vagas de emprego exigem que o candidato tenha pelo menos o ensino médio (2o grau). Se você parou de estudar antes disso, peça informações sobre supletivos numa escola pública. A mensalidade média é de R$ 70.