Quer estudar fora? Está fácil conseguir bolsa de estudos!

Estudar em universidades gringa está mais fácil do que nunca. Empenhe-se em uma língua, siga os passos a seguir e boa viagem!

Capriche no aprendizado de línguas!
Foto: Jason Kim / thelicensingproJect.com

Viajar pelo mundo e acrescentar ao currículo uma experiência que faz toda a diferença no mercado de trabalho são alguns dos benefícios dos intercâmbios acadêmicos. O bom é que há tantas bolsas sendo distribuídas por aí que dá pra garantir o carimbo no passaporte mesmo sem ter grana pra bancar o curso. Só o programa Ciência sem Fronteiras, do governo federal, deve levar mais de 80 mil estudantes, até 2015, para o exterior.

PONTA DA LÍNGUA

O nível de conhecimento de idiomas estrangeiros exigido pelos programas varia de um caso para outro. Além dos programas do governo e da iniciativa privada, vale ficar de olho nos sites dos consulados de países que já têm tradição em oferecer bolsas para receber estudantes brasileiros – como China, Coreia do Sul, França, Japão e Reino Unido.

SIGA POR AQUI

Ciência sem Fronteiras

Benefícios: Bolsa mensal (US$ 870 ou € 870), auxílio-instalação (US$ 1320 ou € 1320), material didático (US$ 1000 ou € 1000), passagens e seguro-saúde.

Destinos: São mais de 30 países possíveis. Entre eles, Austrália, Canadá, França, EUA, Portugal, Finlândia, Índia e Reino Unido.

Bolsas de graduação:

Pra quem: Alunos matriculados em cursos nas áreas de ciência e tecnologia, com um mínimo de 600 pontos no Enem (só valem testes feitos a partir de 2009).

Duração: 12 meses.

Inscrições: Os editais são divulgados separadamente, por país, no site.

Bolsas de pós-graduação:

Pra quem: O programa tem bolsas para doutorado sanduíche (6 meses a um ano fora, para quem está matriculado no Brasil) e doutorado pleno (3 anos fora).

Inscrições: Elas estão sempre abertas! Mas é preciso solicitar o benefício no mínimo três meses antes do início das aulas na universidade onde você foi aceita. Mais no site da Capes.

Santander Universidades

O Programa Fórmula Santander é voltado a estudantes de graduação com bom desempenho acadêmico, fluência em língua estrangeira e situação socioeconômica desfavorável.

Benefícios: Bolsa mensal de € 5 mil.

Duração: 6 meses.

Inscrições: Elas ficam abertas até o dia 22 de setembro (para as 50 universidades parceiras).

Destino: São mais de 20 países, como EUA, Portugal, China, Reino Unido, Argentina, Chile, México, Singapura e Espanha. Mais em: santanderuniversidades.com.br/bolsas. Procure também pelo Programa de Bolsas Ibero-Americanas.

CNPq e Capes

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) são as entidades ligadas ao governo federal que concedem bolsas de doutorado sanduíche (6 a 12 meses cursados fora) ou pleno (curso completo de 3 anos no exterior).

Para os EUA

A Organização dos Estados Americanos (OEA) tem bolsas de intercâmbio para pós nos Estados Unidos.

Pra quem: Estudantes com curso superior completo (menos em áreas médicas) e com inglês fluente.

Benefícios: Passagens de ida e volta, matrícula e taxas da universidade, seguro-saúde e bolsa (o valor varia de caso a caso, com limite máximo de US$ 30 mil anuais).

Escala Estudantil

É um programa entre universidades da América Latina.

Pra quem: Estudantes de graduação de universidades parceiras do programa que tenham concluído ao menos 40% do curso e que sejam menores de 30 anos.

Benefícios: Passagens (que são custeadas pela universidade de origem), acomodação e alimentação (que ficam a cargo da universidade no exterior) e bolsa (os valores variam de acordo com a instituição escolhida).

Duração: 6 meses.

Destino: Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai.


Serviço alemão

Oferece pós-graduação em desenvolvimento sustentável (para formados em qualquer área) e em políticas públicas (para formados em direito, ciências sociais e políticas, economia, administração e relações internacionais). Também serão oferecidas bolsas para especialização em música, artes plásticas, design, cinema, arquitetura e artes cênicas.

Benefícios: Bolsa mensal (€ 750), passagens aéreas, seguro- saúde e curso de alemão.

Duração: 12 meses (especialização) a 3 anos (no caso da pós em políticas públicas).

Fulbright

A comissão dá bolsas para mestrado em produção cinematográfica.

Para quem: É preciso ter curso superior, experiência comprovada na área e proficiência em inglês.

Benefícios: Passagens aéreas, seguro-saúde e bolsa (os valores são discutidos caso a caso).

Duração: Até 3 anos.

Destino: Estados Unidos.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s