Taxas bancárias: aprenda a identificar e reduzir

Cada vez que você consulta seu saldo ou faz um saque, deixa para o banco uma parte do seu dinheiro. Veja como identificar as taxas bancárias que a gente paga sem perceber

Cuidado com as taxas para saques extras no guichê do banco ou em caixas 24 horas
Foto: Dreamstime

Você sabia que todo cliente de banco paga uma espécie de mensalidade para poder movimentar o dinheiro que tem na conta? Pois é, quem não costuma ler com atenção seu extrato às vezes nem nota que essa taxa existe. Debitada automaticamente pelo banco, ela varia de acordo com o pacote de serviços escolhido pelo cliente na hora de virar correntista. Cada pacote inclui um determinado número de saques, impressões de cheques ou transferências que podem ser feitas mensalmente.

Para saber o valor do seu pacote, releia o contrato que assinou ao abrir a conta. Ou consulte seu extrato e veja quantos serviços extras está pagando. Depois você já pode avaliar com o gerente as vantagens de mudar para um pacote maior ou menor. Parece chato, mas vale a pena!

Você pode também comprar os serviços avulso. Confira:


Saque

Quem tira dinheiro todos os dias pode estar perdendo grana. O pacote básico dos bancos inclui em média dez saques por mês. Quando passa disso, você paga entre R$ 1,30 e R$ 2,10 por saque extra. Mas só se usar o caixa eletrônico do seu banco. A taxa para saques extras no guichê do banco ou em caixas 24 horas pode ser ainda maior.

Folha de chque

Cada correntista tem direito a imprimir dez folhas de cheque sem cobrança de tarifa (se o banco aprovar esse serviço para o cliente). Mas o limite pode ser maior dependendo do tipo de pacote. Folhas extras custam entre R$ 1,20 e R$ 1,55.

Extrato

O limite nos pacotes mais básicos é de quatro extratos do mês corrente mais dois do mês anterior. Cada impressão extra sai entre R$ 1,45 e R$ 2,35. Para consultar seu extrato à vontade e não pagar nada use a internet.

DOC/TED_DOC

DOC(Documento de Ordem de Crédito) é a transferência interbancária de até R$ 3 000. TED (Transferência Eletrônica Disponível) é quando o valor passa disso. DOCs e TEDs não fazem parte dos pacotes básicos dos bancos. Eles custam entre R$ 13,40 e R$ 15 se feitos no guichê e de R$ 7 a R$ 8 no caixa eletrônico ou pela internet.

2ª via de cartão

Se o cliente solicita um novo cartão de débito (porque o original foi perdido ou roubado), tem de pagar uma taxa de até R$ 8,80. Cartões enviados pelos bancos não podem ser cobrados.

Transferência

O limite de transferências para contas do mesmo banco varia muito – depende do pacote escolhido. Ao menos duas são grátis. Transferências avulsas, feitas no caixa, descontam de R$ 1 a R$ 1,50 da sua conta. Pela internet, saem entre R$ 1 e R$ 1,10.

 

Fonte: “Tarifômetro” do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec); compare as taxas dos principais bancos lá: idec.org.br/bancos/tarifometro