11 filmes e séries para você aprender a lidar melhor com a sua carreira

Calma, até os personagens da ficção têm dias ruins no trabalho.

Dizem que a vida imita a arte e que a recíproca também é verdadeira. Que tal assistir a alguns filmes ou séries que podem servir de inspiração para você resolver aqueles probleminhas que estão te atrapalhando profissionalmente?

Eu x Chefe

O Diabo Veste Prada (2006)

Andrea Sachs (Anne Hathaway) é uma jornalista recém formada que sempre sonhou em trabalhar em um grande veículo. No entanto, ela não esperava ser contratada pela revista de moda mais badalada de Nova York, a Runaway. E é com a chefia de Miranda Priestly (Meryl Streep) que a garota aprende a não abaixar a cabeça e a perseguir os seus sonhos. Mudando até mesmo o jeito de se vestir, Andrea ignora as humilhações da chefe e das colegas de trabalho, mostrando que a sua inteligência e competência podem, sim, torná-la a funcionária ideal.

Preciso de um aumento! $

Sociedade dos Poetas Mortos (1989)

Que tal inovar e mostrar aquele talento que você tem aí, escondidinho a sete chaves? Assumir as rédeas de sua carreira é uma das principais características de um líder. Em uma escola conservadora dos Estados Unidos da década de 1950, Sr. Keating (Robin Williams) é um professor de Literatura que leciona com métodos nada ortodoxos, estimulando a criatividade de seus alunos. Quem sabe esse não é um bom caminho para você animar a sua equipe, ganhar aqueles pontinhos extras com o seu superior e descolar aquele sonhado aumento?

Estou desempregada, desestimulada… 😦

À Procura da Felicidade (2006)

Calma, nem tudo está perdido. Essa é a grande lição que o longa ensina para quem precisa de inspiração. Baseado em uma história real, ele conta a vida de Chris Gardner (Will Smith), um pai de família que enfrenta uma crise financeira daquelas e, como se já não fosse o bastante, ainda é abandonado pela esposa. Ao lado do filho de cinco anos, o protagonista mostra ao telespectador que o sucesso é resultado de muita determinação, persistência, trabalho e, acima de tudo, paciência.

Meu Deus, por que fui escolher essa profissão?

Jogos de Amor em Las Vegas (2008)

Depois de levar um fora do noivo, Joy McNally (Cameron Diaz), uma perfeccionista corretora da Bolsa de Valores de Nova York, decide se aventurar com uma amiga em Las Vegas. Lá, ela encontra o desajustado Jack Fuller (Ashton Kutcher), que acaba de ser demitido pelo próprio pai. Depois de uma noite de farra, eles se casam na cidade do pecado e o divórcio se torna impossível a partir do momento em que ganham um prêmio milionário. Para que a separação seja concedida e o dinheiro dividido, eles precisam tentar fazer com que o casamento dê certo. E é assim que, juntos, aprendem o que realmente importa na vida, incluindo a possibilidade de abandonar uma carreira promissora, mas que não trazia nenhuma felicidade.

Não concordo com a filosofia da empresa… e agora?

Jerry Maguire (1996)

Certamente foi essa a pergunta que o protagonista se fez. Depois de escrever uma declaração sugerindo que os agentes esportivos deveriam ser mais humanos com seus clientes, Jerry Maguire (Tom Cruise) acaba sendo demitido. É quando ele decide se aliar a um jogador de futebol americano que, embora tenha um temperamento bem difícil, é o único que ainda acredita em seu potencial. Assistindo ao filme, é possível perceber o quanto é preciso ter jogo de cintura no mundo dos negócios, além da importância de sermos autênticos, fazendo sempre o que acreditamos.

Vale tudo?

House of Cards

Esforços são reconhecidos sim, mas vamos devagar. Nada de deixar de lado seus princípios ou passar por cima dos colegas de trabalho para atingir um objetivo, certo? A série, que é uma das queridinhas do Netflix, conta a história do inescrupuloso congressista Francis Underwood (Kevin Spacey) e de sua mulher, Claire Underwood (Robin Wright). Depois de o prometido cargo de Secretário de Estado ser entregue a outra pessoa, o Deputado arma um plano mirabolante para conseguir tudo o que quer, independentemente do que tenha que fazer para chegar até o topo.

Apenas pare, bitch!

De Repente 30 (2004)

Você tem uma colega de trabalho que sempre está tentando te passar a perna? Relaxa, a gente te entende. Depois de desejar ser adulta e acordar com 30 anos, Jenna Rink (Jennifer Garner) trabalha na mesma revista que Lucy, uma patricinha que a rejeitava na infância. Perdendo espaço para a concorrência, a empresa decide passar por uma reestruturação, senão, poderia ser fechada. As responsáveis pelos projetos de inovação são exatamente as duas mulheres e é nessa situação de disputa em que Jenna percebe o quanto Lucy só pensa em “puxar o seu tapete”.

E se a empresa estiver falindo?

Clube de Compras Dallas (2013)

Depois do texano Ron Woodroof (Matthew McConaughey) ser diagnosticado como soropositivo, ele trava uma verdadeira batalha contra a indústria farmacêutica americana dos anos 1980. Procurando um tratamento alternativo para a sua doença, ele passa a contrabandear drogas ilícitas mexicanas. Mais uma vez, o longa mostra a importância de assumir os riscos e o controle de suas decisões, além de dar um ótimo exemplo sobre a necessária capacidade de transformar situações aparentemente sem saída.

Por que todas as pessoas são tão criativas por aqui?

Os Estagiários (2013)

Billy (Vince Vaughn) e Nick (Owen Wilson) são grandes amigos e trabalham juntos em uma relojoaria. Acreditando que o negócio estava ultrapassado, o dono do estabelecimento opta por fechá-lo, deixando os dois desempregados. Com problemas financeiros, eles se inscrevem para uma seleção de estagiários do Google, na qual precisam lidar com competidores bem mais novos e familiarizados com diversas tecnologias que a dupla nem sonhava que existisse. Depois de vários desafios, os personagens mostram o quanto é necessário se reinventar, aprender e, acima de tudo, estar sempre aberto a novas possibilidades.

Ei, o nome disso é assédio!

A Proposta (2009)

Margaret Tate (Sandra Bullock) é uma chefe autoritária e nada querida pelos funcionários de uma grande empresa nos Estados Unidos. Depois de receber a notícia de que seria deportada para o Canadá por ter seu visto vencido, ela obriga o seu assistente, Andrew Paxton (Ryan Reynolds), a se casar com ela. É claro que o rapaz sente que o seu emprego está ameaçado e acaba entrando na onda de Margaret. Apesar do romantismo do longa, não se esqueça: assédio não é legal e você não deve aceitar esse tipo de atitude, ok? 😉

Chega de negatividade!

Parks and Recreation

Com o sonho de se tornar presidente dos Estados Unidos e tendo Hillary Clinton como inspiração, Leslie Knope (Amy Poehler) é a vice diretora do Departamento de Parques e Recreação da cidade ficcional de Pawnee. Viciada em trabalho, ela é a responsável por transformar uma construção abandonada em um parque comunitário. Mas é claro que ela encontra uma série de dificuldades no meio do caminho, incluindo imobiliários corruptos, vizinhos mal humorados e, claro, muita burocracia. Com todos os motivos para jogar tudo para o alto, Leslie é uma das funcionárias mais otimistas da trama. Que tal agarrar essa ideia e ser positiva por aí? ❤

E aí? Tem algum outro filme ou série que te inspira? Conta pra gente! 😉