15 filmes brasileiros para assistir no cinema em 2016

Tem o novo filme de Anna Muylaert, a cinebiografia de Elis Regina e o primeiro longa-metragem do Porta dos Fundos. Partiu cineminha!

Mesmo depois de fenômenos à la “Tropa de Elite”, sucessos aclamados como “Que Horas Ela Volta?” e ótimas surpresas como a indicação ao Oscar de “O Menino e o Mundo”, AINDA tem gente que torce o nariz para o cinema nacional. O que é basicamente um crime, minha gente! Mesmo com pouca representatividade no Oscar, o Brasil é figurinha carimbada em outras premiações de peso, como em Berlim e Veneza, por exemplo. Esse ano o festival alemão selecionou três produções daqui: “Mãe Só Há Uma”, “Antes o Tempo Não Acabava” e “Curumim”. Já em Veneza, outras três produções nacionais brilharam em 2015: “Boi Neon” (que só não entrou nessa lista porque já está saindo de cartaz), “Mata-me Por Favor” e “Tarântula”.

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

E você sabia que o IMDb (maior site sobre cinema do planeta) classifica “Cidade de Deus” como o 21º melhor filme da história? Sabia que há poucas semanas Tim Burton declarou que é fã de Zé do Caixão há anos? Sabia que a produção anglo-brasileira “O Beijo da Mulher Aranha” (protagonizado por Sônia Braga) concorreu ao Oscar de Melhor Filme em 1986? Mesmo sem levar o prêmio para casa, o filme fez história por ser a primeira produção independente indicada à categoria mais importante da premiação!

Tem muita coisa boa sendo feita por aqui e a gente precisa valorizar mais nossos filmes! Prestigiar as produções nacionais é muito importante e assisti-los no cinema também, para dar aquela força a quem batalha pela sétima arte aqui na terrinha. Por isso, a gente listou 15 produções que não dá para perder em 2016.

1. Elis

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Protagonizado por Andreia Horta e dirigido por Hugo Prata, o filme conta a história da cantora Elis Regina. O longa foca na trajetória da artista desde a sua chegada ao Rio de Janeiro (ela nasceu em Porto Alegre) até sua morte prematura, aos 36 anos, decorrente do vício em cocaína. Ainda sem data de estreia, o filme deve chegar às telonas no segundo semestre desse ano.

2. Mãe Só Há Uma

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Outra grande promessa do ano, por ser o mais novo filme de Anna Muylaert, mesma diretora de “Que Horas Ela Volta?”. Inspirado em uma história real, esse drama familiar retrata a vida de um garoto de 16 anos que passa a viver com outra família quando sua mãe de criação é presa por tê-lo roubado na maternidade. O filme foi exibido no Festival de Berlim e sua estreia está prevista para acontecer esse ano, mas ainda não há uma data definida.

3. Porta dos Fundos – Contrato Vitalício

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Com anos de sucesso absoluto no YouTube, é logico que o primeiro longa-metragem do Porta dos Fundos está rodeado de expectativas. Na história, o diretor Miguel (Gregorio Duvivier) e o ator Rodrigo (Fabio Porchat) são BFFs e assinam um contrato dizendo que irão trabalhar juntos para o resto da vida. Só que o diretor some por dez anos, ressurge loucão e descobre que amigo virou uma celebridade. O contrato continua valendo e Miguel decide fazer um filme insano, que pode acabar com a carreira de Rodrigo. Estreia em 30 de junho.

4. O Filme da Minha Vida

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Terceiro trabalho dirigido por Selton Mello, esse drama familiar traz Bruna Linzmeyer, Johnny Massaro e o francês Vincent Cassel no elenco. A história gira em torno de um jovem que conclui a faculdade, volta para a cidadezinha natal e descobre que o pai foi embora sem se despedir. O longa é inspirado num livro do chileno Antonio Skármeta, mesmo autor do belíssimo “O Carteiro e o Poeta”. Deve chegar aos cinemas ainda esse ano, mas ainda não há uma data oficial para a estreia.

5. Zoom

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Essa comédia ácida mistura live action (cenas com atores) e animação em ritmo acelerado e com pitadas de drama. A trama gira em torno de três personagens: uma cartunista, um famoso diretor de cinema e uma modelo tentando ser escritora. O filme foi produzido numa parceria entre Brasil e Canadá e traz no elenco Gael Garcia Bernal e Mariana Xinemes. Chega aos cinemas em 31 de março.

6. A Luneta do Tempo

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Filme de estreia do músico Alceu Valença, o projeto levou 14 anos para sair do papel. No longa, Alceu é diretor, roteirista, produtor e ainda atua! Trata-se de um musical ambientado no sertão pernambucano, protagonizado por Lampião e Maria Bonita. Foi exibido em diversos festivais nacionais e recebeu prêmios como Melhor Trilha Sonora e Direção de Arte no Festival de Gramado. Estreia em 24 de março.

7. O Rei das Manhãs

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Figura emblemática dos anos 1980, o palhaço Bozo é vivido por Vladimir Brichta nessa cinebiografia. O filme mostra o sucesso de Arlindo Barreto (o Bozo) no SBT e toda a controversa vida do ator, que teve problemas com crack e cocaína. Essa é a estreia de Daniel Rezende (indicado ao Oscar de Melhor Edição por “Cidade de Deus”) na direção de um longa-metragem.

8. Mundo Cão

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Protagonizado por Lázaro Ramos, o filme é dirigido por Marcos Jorge, que também assina o excelente “Estômago”, de 2007. A trama gira em torno de um homem que perde seu cachorro, descobre que o bicho foi sacrificado pela prefeitura e resolve se vingar. O longa tem também Adriana Esteves no elenco e estreia em 17 de março.

9. Para Minha Amada Morta

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Outro filme elogiadíssimo e premiado em diversos festivais no Brasil e no exterior! O longa conta a história de Fernando, um homem lidando com a tristeza e a solidão depois de ter ficado viúvo. Ao descobrir uma antiga fita VHS, ele começa a duvidar da fidelidade da esposa e passa a investigar segredos do passado dela de maneira obsessiva. A estreia está marcada para o dia 31 de março.

10. Um Homem Só

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Nesse filme, Arnaldo (Vladimir Brichta) é um homem infeliz que resolve procurar uma clínica de clonagem para resolver seus problemas. A ideia é deixar um clone em seu lugar para poder curtir a vida como bem entender. Dica: se você é fã de “Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças” vale a pena conferir esse longa. Mariana Ximenes também está no elenco e ganhou o prêmio de Melhor Atriz no Festival de Gramado. Estreia em 15 de setembro.

11. Apaixonados – O Filme

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Você é fã de comédias românticas e de carnaval? Então se joga! Este filme conta três histórias de amor paralelas, todas ambientadas no Rio de Janeiro durante o feriado mais clássico de fevereiro. Nanda Costa, Roberta Rodrigues e o gato Raphael Viana estão no elenco. O longa chega aos cinemas no dia 3 de março.

12. Mate-me Por Favor

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Bastante elogiado no Festival do Rio, o filme surpreende por trazer uma trama de suspense ao cinema nacional. Na história, acompanhamos o dia a dia de uma jovem de 15 anos e seu irmão mais velho, cuja rotina é alterada depois de uma série de assassinatos sombrios. O longa-metragem de estreia da diretora Anita Rocha da Silveira foi exibido no Festival de Veneza do ano passado. Chega aos cinemas no dia 21 de abril.

13. A Frente Fria Que a Chuva Traz

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Esse filme se propõe a fazer uma crítica social com contornos tipicamente brasileiros e traz uma história bem interessante. No Rio de Janeiro, um grupo de jovens ricos resolve alugar uma laje no Vidigal para organizar festas, mas a entrada de membros da comunidade está totalmente proibida. Acostumados à vida fácil, eles achavam que nada poderia dar errado, mas as coisas começam a sair do controle. O longa estreia em 24 de março.

14. Quase Memória

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Com uma trama fantasiosa, que remete ao teatro do absurdo, o filme conta a história de um homem que se encontra com ele mesmo em sua versão mais velha. Juntos, “os dois” revivem memórias e relembram, em especial, momentos vividos ao lado do pai. A obra, que ganhou o Prêmio Especial do Júri no Festival do Rio, ainda não tem data de estreia, mas deve chegar aos cinemas ainda em 2016.

15. Big Jato

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Ambientado no interior do Nordeste, o filme conta a história de Francisco, um menino que acompanha seu pai a bordo do Big Jato, um caminhão-pipa que leva saneamento básico a povoados pobres. O filme é uma adaptação do livro homônimo de Xico Sá e traz Matheus Nachtergaele no elenco. A previsão é de que chegue aos cinemas ainda esse ano, mas ainda não há data oficial de estreia.