A mãe do Jay-Z recebeu um prêmio pela música na qual se declara lésbica

"Eu só era alguém que as pessoas não falavam sobre, mas me amavam de qualquer forma", disse ela ao receber a honraria.

Gloria Carter, mãe do Jay-Z, recebeu uma menção honrosa no GLAAD Media Awards 2018, evento que aconteceu no último dia 12 der abril, em Nova York, e premia a representatividade LGBT na mídia.  O motivo da honraria foi a participação dela na canção “Smile“, presente no álbum “4:44” do rapper, na qual ela revela ser lésbica e explica como foi passar tantos os anos escondendo a própria sexualidade.

No discurso de aceitação do prêmio, ela falou sobre o momento no qual contou ser homossexual para o filho. “Minha vida não foi horrível, eu escolhi proteger minha família, eu era feliz, mas não era livre”, ela explicou.

Veja o discurso e tradução completos!

“Eu preciso agradecer a Deus porque sem ele nada disso seria possível. Muito obrigada, GLAAD, por este prêmio de reconhecimento, eu o aceito com orgulho e felicidade em nome do meu filho e o meu. Obrigada para minha família que me ama incondicionalmente independentemente de tudo. Obrigada a minha parceira por me amar e me ajudar a me libertar das sombras. Obrigada a todas as pessoas que as vidas eu toquei, pelo apoio de vocês por simplesmente eu falar a minha verdade.

‘Smile’ se tornou realidade porque eu contei para meu filho quem eu sou, não que as pessoas não sabiam, eu só era alguém que as pessoas não falavam sobre, mas me amavam de qualquer forma. Mas para mim essa foi a primeira vez que falei para alguém quem eu realmente sou. Meu filho chorou e disse: ‘Deve ter sido horrível viver dessa forma por tanto tempo’. Minha vida não foi horrível, eu escolhi proteger minha família da ignorância, eu era feliz, porém não era livre.

Então um dia encontre alguém que fez meu coração cantar, me fez não querer me esconder olhar as pessoas de canto, mas realmente olhar para elas com amor. O amor me deu o poder de não permitir temer outras pessoas que queiram contar o meu segredo, que não era realmente um segredo.

Aqui estou. Eu estou amando, eu sou respeitosa, eu sou produtiva, e eu sou um ser humano que tem o direito de amar quem eu eu amo. Então a todos, apenas sorriam, sejam livres, muito obrigada e Deus os abençoe.”

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s