Advogados movem ação para proibir lançamento de filme da Netflix; entenda!

Torta de climão envolvendo "A Lavanderia" - que tem Meryl Streep no elenco! - e dois advogados suspeitos de um golpe milionário.

“A Lavanderia” é um dos maiores filmes da Netflix em 2019 e dá para perceber isso só pelos nomes no elenco e na direção. Com lançamento previsto para a próxima sexta-feira (18), o longa é protagonizado por Meryl Streep, Gary Oldman, Antonio Banderas e Sharon Stone. O diretor é Steven Soderbergh, vencedor do Oscar por “Traffic”.

Nós ficamos empolgadas desde que assistimos ao trailer do filme pela primeira vez, mas o mesmo não pode se dizer dos advogados Jürgen Mossack e Ramón Fonseca. Isso porque eles são dois dos personagens centrais da trama, que fala sobre o escândalo conhecido como Panama Papers. Trata-se de um enorme golpe financeiro envolvendo paraísos fiscais e o desvio de MUITO dinheiro.

Parece complicado? E é mesmo! Os tais papers de Panamá são um conjunto de mais de 11 milhões de documentos confidenciais. Dá para imaginar o tanto de informação – e de pessoas – que esse caso envolve, né?

Bom, e é essa a história que “A Lavanderia” se propõe a contar – com muito bom humor. Steven Soderbergh é também o nome por trás de “Onze Homens e Um Segredo” e o filme da Netflix tem uma vibe parecida. Olha só o trailer para entender do que estamos falando:

Assistindo ao vídeo dá para entender porque Jürgen Mossack e Ramón Fonseca estão putos da cara, não é mesmo? E, segundo o The Hollywood Reporter, os dois estão movendo uma ação para proibir que o filme seja lançado. Eles alegam que esse é um material difamatório e que pode interferir no processo criminal dos Panama Papers – já que eles ainda aguardam pelo veredito do caso.

Que treta, hein? E isso tudo só fez aumentar a nossa curiosidade a respeito do filme. Se tudo der certo, vamos poder assisti-lo muito em breve.

“A Lavanderia” concorreu a Melhor Filme no último Festival de Veneza e é a adaptação de um livro chamado “Secrecy World: Inside the Panama Papers Investigation of Illicit Money Networks and the Global Elite” – ainda sem tradução em português. Lançado em 2017, ele é assinado pelo jornalista Jake Bernstein, que já ganhou duas vezes o prêmio Pulitzer. Essa semana o livro foi relançado, agora com o mesmo título do filme (em inglês): “The Laundromat”.

 (Henry Holt and Co./Divulgação)

 

☆ Pedras, cristais e rituais de proteção: saiba como usar ☆