Afinal, por que Betty sumiu e apenas retornou em ‘Toy Story 4’?

A última aparição da personagem aconteceu em 'Toy Story 2'. No terceiro filme, ela desapareceu e só retornou agora no quarto; Entenda o destino de Betty.

Desde o primeiro ‘Toy Story‘, Betty era uma das personagens que se destacavam ao olhar. Por mais que não tivesse sua história desenvolvida profundamente, ela era um brinquedo notável. Tanto é que no terceiro filme da franquia da Disney as pessoas sentiram sua falta, pois ela simplesmente desapareceu.

Mas afinal, por que ela sumiu e só retornou em ‘Toy Story 4‘? Quem já conferiu o filme nos cinemas que estreou na última quinta-feira (20) sabe a resposta. Mas caso você não tenha visto ainda e está com a pulga atrás da orelha, a gente te conta exatamente o que aconteceu.

Obviamente falaremos um pouco de sua trajetória neste longa, então apesar de a ausência de Betty ser justificada logo na primeira cena do filme, esse texto pode ser configurado como spoiler. Pare aqui se não deseja recebê-lo.

'Toy Story 4'

 (IMDb/Divulgação)

Molly Davis era a dona de Betty e a ovelha de três cabeças antigamente. A menina, irmã de Andy, não desgrudava do brinquedo (e abajur) que lhe trazia paz e conforto. Desse modo, Betty sempre esteve presente nas aventuras de Woody, Buzz e os outros, mesmo que passasse grande parte de seu tempo no quarto do lado.

A boneca de porcelana já foi pivô de planos mirabolantes para ajudar outros brinquedos e possuía uma destreza visível, mas pouco explorada nos filmes. ‘Toy Story 4’ começa com um flashback da época em que Andy começava o último ano escolar antes de ir para a faculdade.

Molly aparece com seus 11 anos, à beira da adolescência. Ao crescer, seus gostos e vontades mudaram (algo que sempre foi reiterado durante todas as tramas) e, naturalmente, passou a preferir outros hobbys. Betty foi dada a um outro homem de identidade desconhecida, que a levou embora com as ovelhas e o abajur.

'Toy Story 4'

 (IMDb/Divulgação)

O momento se torna marcante ao vermos Woody se despedir de sua fiel escudeira e amiga de longa data. Anos depois, já pertencente à Bonnie, Woody reencontra Betty em uma de suas caçadas atrás de Garfinho, que se recusou a permanecer com a dona.

Nesse reencontro, o cowboy se surpreende não só em revê-la, mas em perceber que sua atitude mudou bastante. Betty agora vive como um brinquedo livre, perto de um parque de diversões em uma cidade pequena. Ela ajuda outros bonecos e se diverte de seu jeito, sem necessariamente estar presa ao controle de uma criança.

Com isso, a boneca ganha protagonismo no filme, pois acompanhamos sua jornada e conhecemos (novamente) seus interessante e vontades. Esteticamente, ela também aparece com o visual repaginado, o que complementa a sua nova identidade.

Visual aprimorado: Betty em 'Toy Story' (à esquerda) e em 'Toy Story 4' (à direita). Visual aprimorado: Betty em ‘Toy Story’ (à esquerda) e em ‘Toy Story 4’ (à direita).

Visual aprimorado: Betty em ‘Toy Story’ (à esquerda) e em ‘Toy Story 4’ (à direita). (IMDb/IMDb/Divulgação)

É muito bom ver uma personagem como Betty ter finalmente seu espaço para brilhar. Após três filmes produzidos, já estava na hora de acontecer um momento só dela – e também de a franquia saciar a nossa dúvida acerca de seu sumiço, não é mesmo?