Aplicativo promete recompensar exercícios com dinheiro virtual

Ainda em fase de testes, o aplicativo para smartphones funciona em conjunto com pulseiras fitness

Uma empresa americana chamada Chaotic Moon Studios trabalha em um aplicativo para smartphones que recompensa os exercícios físicos feitos pelos usuários com moedas virtuais, como o bitcoin. O Fitcoin foi apresentado no festival South by Southwest, realizado nos Estados Unidos.

O app para iPhones funciona em conjunto com pulseiras fitness. Após criar uma conta em um repositório de bitcoins, é preciso sincronizar as informações do seu acessório com o Fitcoin. O requisito é que o produto monitore seus batimentos cardíacos e tenha código aberto. Ou seja, são somente três aparelhos compatíveis, a Jawbone UP 3, a Atlas e a Mio, conforme indica o Yahoo.

Com esses dados, o algoritmo do aplicativo começa a avaliar quanta energia foi gasta pelo usuário e, então, estima quanto isso vale em dinheiro virtual. Por ora, a moeda usada é o bitcoin. Quanto o usuário vai ganhar? Em uma demonstração feita pela própria companhia, uma pessoa que correu em uma esteira durante 3 minutos e 40 segundos com batimento cardíaco a 115 bmp foi recompensada com cinco centavos.

Por enquanto, o Fitcoin está em fase de testes somente entre membros do Chaotic Moon Studios. A empresa espera criar sua própria moeda com esse aplicativo no futuro e quer atrair a atenção de um de seus clientes com essa iniciativa: a Adidas.

Com isso, seria possível para a marca criar e vender produtos vinculados à sua nova moeda virtual. Por enquanto, nada oficialmente foi feito para que o Fitcoin chegue para os donos de iPhones nem de smartphones Android ou Windows Phone.

Na página oficial do aplicativo, é possível cadastrar um endereço de e-mail para entrar na lista de espera para testá-lo.

Matéria publicada em INFO.