Após 24 anos, ‘As Patricinhas de Beverly Hills’ vai ganhar (outra) série

Uma mistura de 'Riverdale' e 'Meninas Malvadas': a trama será focada em Dionne substituindo Cher, já que a jovem sumiu misteriosamente do mapa.

Sim, fãs, é isso mesmo que vocês leram. Segundo o site ‘Deadline’, “As Patricinhas de Beverly Hills”, de 1995, está com um possível caminho trilhado em direção às telinhas.

Ainda de acordo com o veículo, a trama partirá de um acontecimento específico: Cher, interpretada pela icônica Alice Silverstone no filme original, terá desaparecido e a sua fiel escudeira, Dionne (Stacey Dash), terá que desvendar esse mistério enquanto comanda o colégio – afinal, um reinado não pode parar, né?

Para supostamente facilitar a compreensão do que é a nova série, ela foi descrita como uma mistura de “Riverdale” com “Meninas Malvadas” e tudo isso acontecendo em clipe da Lizzo. Facilitou? Na verdade, não muito, porque são muitas informações para uma produção só. Porém, mais alguns detalhes foram entregues pelo site.

A história está sendo escrita por Jordan Reddout e Gus Hickey, de ‘Will & Grace’, e o cenário dela será diretamente do futuro: Dionne vai lidar com todas as questões da adolescência como se estivesse no ano de 2020, em Los Angeles. 

Para quem está receoso de acreditar na ideia, vale lembrar que trazer Stacey de volta para a trama nunca foi impossível. Ela já participou da série “Clueless”, de 1996, que também foi inspirada no filme original. Entretanto, Alice não estava disponível e o papel de Cher ficou com Rachel Blanchard. Por enquanto, não há nenhuma informação sobre o elenco da nova série.