As mulheres que mereciam ser indicadas ao Oscar de Melhor Diretor em 2019

Sabia que apenas cinco mulheres foram indicadas nessa categoria até hoje?

Acaba de sair a lista dos indicados do Oscar 2019 e, mais uma vez, a escassez de mulheres é gritante nas categorias mistas – ou seja, todas as categorias, menos as de atuação. Em se tratando da prestigiadíssima lista dos indicados a Melhor Diretor os nomes são: Alfonso Cuarón (“Roma”), Spike Lee (“Infiltrado na Klan”), Yorgos Lanthimos (“A Favorita”), Adam McKay (“Vice”) e Pawel Pawlikowski (“Guerra Fria”). 

Mas será que nenhuma mulher merecia estar entre esses caras? Como apontou a Variety, há algumas diretoras que fizeram trabalhos dignos de uma indicação ao prêmio.

Lynne Ramsay, de “Você Nunca Esteve Realmente Aqui” é o nome que encabeça a lista. Ela recebeu o prêmio de Melhor Roteiro em Cannes – empatada com Yorgos Lanthimos por “O Sacrifício do Cervo Sagrado” – e também fez um ótimo trabalho como diretora, tendo concorrido a Palma de Ouro no mesmo festival francês. Aliás, Lynne já soma dez indicações e cinco vitórias em Cannes. Por “Você Nunca Esteve Realmente Aqui”, ela também foi indicada em diversas outras premiações menores, incluindo o Spirit Awards.

Outra diretora que merece destaque é Debra Granik. Foi ela quem comandou o prestigiado “Inverno da Alma”, filme que revelou Jennifer Lawrence ao mundo em 2010 e que concorreu a quatro Oscars. Em 2018, Debra fez um ótimo trabalho em “Não Deixe Rastros”, longa muito elogiado em Sundance. Por esse trabalho, a diretora também foi indicada ao Spirit Awards, que é a principal premiação de cinema independente dos Estados Unidos.

Seguindo a lista, Chloe Zhao, de “Domando o Destino”, venceu o prêmio de Melhor Diretor no C.I.C.A.E. Award, de Cannes. Assim como Lynne e Debra, ela também foi indicada ao Spirit Awards por esse trabalho e faturou a estatueta de Melhor Diretor no National Society of Film Critics Awards.

A Variety ainda cita outras mulheres que vem chamando a atenção da crítica e de diversos festivais: Marielle Heller (“Poderia Me Perdoar?”), Tamara Jenkins (“Mais uma Chance”), Karyn Kusama (“O Peso do Passado”), Mimi Leder (“Suprema”) e Josie Rourke (“Duas Rainhas”).

Vale lembrar que, até hoje, apenas cinco mulheres foram indicadas ao Oscar de Melhor Diretor e somente uma sagrou-se vencedora: Kathryn Bigelow, por “Guerra ao Terror”.

☆ Será que seu signo tem a ver com o signo do crush? Entenda o que é e do que fala a sinastria ☆