Beyoncé lança álbum com o mesmo nome do documentário ‘Homecoming’

Para a felicidade dos fãs, o álbum é composto pelas 40 músicas da cantora tocadas no Coachella de 2018.

Junto com um documentário feito especialmente pela Netflix, nomeado de “Homecoming”, sobre a apresentação histórica de Beyoncé no Coachella em 2018, a cantora lançou mais uma bomba nesta-quarta-feira (17). Um álbum novinho em folha foi entregue ao público com as 40 músicas apresentadas em duas noites do festival e com o mesmo nome do documentário.

Com canções famosas como “Crazy in love”, “Drunk in Love” e “7/11” na nova produção da artista, o álbum está em primeiro lugar no ranking de vendas do iTunes em 42 países, segundo o portal “Pop Online”. E adivinhe só: o Brasil faz parte dessa lista.

Ainda segundo o veículo, um destaque importante é a presença da música “Before I Let Go” regravada por Beyoncé. Ela é de Frankie Beverly and Maze, de 1981, ano em que a cantora nasceu e está no “Top 50” do Itunes dos Estados Unidos. Dentro do documentário, a canção é tocada nos créditos finais da produção. 

Veja também

O novo compilado de músicas também arranca suspiros do público por ter uma música da filha da cantora com Jay-Z, Blue Ivy. Ela deu voz para “Lift Every Voice and Sing”, a canção conhecida como o “Hino Nacional Negro” com versos do poema de James Weldon Johnson, de 1990. 

A suspeita de que um novo álbum estava a caminho começou na noite anterior, quando o site de letras de músicas Genius lançou uma imagem com “B7” escrito. Logo em seguida, ela foi apagada e a nova produção musical veio à tona.

O documentário e o álbum são dois lembretes importantes do marco que Beyoncé deixou no Coachella. Ela foi a primeira mulher negra a ser uma das atrações principais do festival.

Confira o lançamento: 

☆ Tudo sobre o misterioso signo de Escorpião ☆