Documentário polêmico sobre Michael Jackson tem data de estreia para a TV

'Deixando Neverland' será exibido na HBO em março e revela a versão de dois homens sobre os supostos abusos cometidos pelo Rei do Pop.

Leaving Neverland‘ – ou ‘Deixando Neverland‘ na tradução em português – é um documentário do diretor Dan Reed que ganhou repercussão internacional pelo caráter de denúncia ao rei do pop Michael Jackson.

Com duração de quatro horas, a produção aborda, sob o ponto de vista de James “Jimmy” Safetuck e Wade Robson, o relacionamento entre os dois com o cantor. Eles ficaram amigos de Michael quando o ícone da música estava no auge de sua carreira.

A problemática em torno dessa história é que, 30 anos depois dos acontecimentos, James e Wade resolveram contar abertamente sobre abusos sexuais e sentimentos complicados que guardaram neste tempo todo. E com essas denúncias vindo à tona, fãs e críticos estão pasmos com o documentário.

 (HBO/Reprodução)

Veja também

No filme, os rapazes detalham que “festas do pijama” se transformavam em encontros sexuais frequentes e ainda afirmam que Michael teria exigido que eles mantivessem em segredo, pois senão os dois ficariam “presos para o resto da vida”.

Em entrevista à Vice, Dan Reed disse que Michael era “um predador sexual” e o modo como os dois homens descreveram suas relações com o cantor o fizeram questionar ainda mais sobre o que houve no passado.

“Quando entrei no projeto, eu não tinha preconceito contra Jackson, eu não tinha uma opinião definida sobre se ele era ou não um pedófilo, ele podia ser inocente. Eu acreditava que ele era uma pessoa boa, que fazia grande música, parecia legal com crianças, e acho que a maioria das pessoas está numa área cinza”, afirma Dan, reafirmando que este documentário vai mudar a visão do público sobre o astro.

 (HBO/Reprodução)

A HBO vai exibir o documentário em duas partes, sendo transmitido em dois dias diferentes: dias 16 e 17 de março. Assista ao trailer: