Chris Pratt não é um astro comum de Hollywood – ele é o mais legal

Em visita ao Brasil, o ator foi à feira, comeu pastel, feijoada, experimentou caipirinha e ainda conversou com o MdeMulher. Vem ver.

Chris Pratt não é um astro comum de Hollywood. Veja bem, ele continua parecendo com um astro comum de Hollywood: alto, loiro, olhos claros, saradão… Mas, do alto de seus privilégios de homem rico e bonito, tem algo de familiar, de receptivo, de diferente nele… Pode ser a forma carinhosa como ele trata todos ao seu redor, pode ser o sorriso sempre no rosto e, claro, o bom humor e o dom para as piadas.

Em visita ao Brasil, nesta semana, para promover “Vingadores: Guerra Infinita”, provavelmente, o lançamento mais esperado do ano, o ator foi tudo isso, quer dizer, melhor. Hospedado no Fasano, um dos hotéis mais chiques de São Paulo, ele fez questão de tirar fotos com todos os fãs na porta do hotel, visitou o “Beco do Batman”, ponto turístico beeem paulistano localizado na Vila Madalena, comeu pastel, feijoada, experimentou caipirinha…

Nos corredores do hotel, onde ele recebeu o MdeMulher para uma pequena conversa sobre o filme, o papo era um só: o quanto ele era simpático, pé no chão, gaaaaaato. “O outro não era assim, não, era mais estrelinha”, disse alguém…

Chris Pratt Chris Pratt disse ter amado a nossa feijoada.

Chris Pratt disse ter amado a nossa feijoada. (Marvel/ Disney/Divulgação)

Ao passar pela sala, onde estavam pessoas da equipe dele, da Disney e alguns jornalistas, fez questão de saudar a todos. Ok, isso pode parecer o mínimo, afinal, é uma das partes do trabalho dele, mas não é todo artista que faz isso, não, tá?

Cheiroso e animadão, antes de começar a entrevista, contou sobre o quanto tinha gostado das iguarias brasileiras e de como estava feliz de poder ser entrevistado após ter tomado a nossa mistura de cachaça, limão e açúcar e ainda disse que o repórter deveria ter feito o mesmo. “Aí, poderíamos fazer drunkets“, brincou, juntando as palavras drunk (bêbado) com junket (rodada de entrevistas).

Durante o bate-papo, no entanto, o intérprete de Peter Quill, protagonista dos longas dos “Guardiões da Galáxia”, seguiu a cartilha hollywoodiana à risca: falou bastante e não entregou nada, contou como é um privilégio fazer parte dessa “família” e exaltou o máximo que pode toda a produção – fez isso, ainda bem, com muito charme e inteligência. E, bem, por mais legal que ele seja, no fim das contas, ele ainda é um astro de Hollywood, não é mesmo?!

Confira a entrevista completa em vídeo

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s