Globo de Ouro 2019: como assistir às 15 séries indicadas ao prêmio

Essas séries são as melhores do ano passado, e a maior parte delas está disponível para assistir no Brasil. Não perca!

No próximo domingo (6), acontece a 76º edição do Globo de Ouro, a primeira das grandes premiações do ano. Se você gosta de assistir uma boa série, a lista de indicados das categorias de TV pode ser um ótimo guia para futuras maratonas. Para facilitar sua vida, listamos aqui as 15 séries que estão concorrendo ao prêmio e como você poderá assisti-las no Brasil.

The Americans

 (Reprodução/Reprodução)

A história de dois espiões da KGB que fingem ser apenas um casal americano normal é um sucesso de crítica e público. Ambientada no período de Guerra Fria na capital dos Estados Unidos, a trama é perfeita para quem ama um drama de espionagem.

Finalizada em 2018, a série conta com seis temporadas incríveis e é figurinha carimbada há um bom tempo nas premiações. Neste ano, ela concorre nas categorias Melhor Série Dramática, Melhor Atriz em Série Dramática (Keri Russel) e Melhor Ator em Série Dramática (Matthew Rhys).

“The Americans” é exibida, no Brasil, pelo canal de TV a cabo Fox Premium 2.

Bodyguard

 (Reprodução/Divulgação)

A série britânica foi uma das maiores surpresas de 2018. Contendo apenas uma temporada bem curtinha, a narrativa segue o veterano de guerra David Budd (Richard Madden, o Robb Stark de “Game of Thrones“), designado para a missão de proteger a vida de uma polêmica Secretária de Estado.

“Bodyguard” foi indicada para Melhor Série Dramática e Melhor Ator em Série Dramática (Richard Madden).

Ficou interessada? Agora é só acessar a Netflix e aproveitar os seis episódios cheios de intrigas políticas, investigações policias e muita ação!

Homecoming

Homecoming

 (Reprodução/Divulgação)

Com Julia Roberts no papel principal e inspirada em um podcast de sucesso, essa série de suspense psicológico narra a história de uma assistente social que trabalha para um programa de ressocialização de veteranos de guerra na vida civil.  

“Homecoming” está entre os indicados das seguintes categorias: Melhor Série Dramática, Melhor Atriz em Série Dramática (Julia Roberts) e Melhor Ator em Série Dramática (Stephan James).

Para assistir à série, você deve ter acesso ao serviço de streaming Amazon Prime Video.

Killing Eve

 (Reprodução/Divulgação)

Considerada uma das melhores séries de 2018, “Killing Eve” conta com o protagonismo de Sandra Oh e já está confirmada para voltar em uma segunda temporada. A trama gira em torno do relacionamento de gato e rato entre uma agente do serviço secreto de inteligência britânico e uma assassina profissional, que desenvolvem uma obsessão mútua.

O suspense foi indicado em duas categorias: Melhor Série Dramática e Melhor Atriz em Série Dramática (Sandra Oh).

Parece interessante, né? A série é exibida, no Brasil, pelo serviço de streaming Globoplay.

Pose

 (IIMDb/Divulgação)

Além de estar entre as melhores do ano, essa série pode ser considerada uma das mais importantes. Ao retratar a vida da comunidade LGBTQ+ rejeitada pela sociedade nova-iorquina de 1980, “Pose” é um marco de representatividade. A série apresenta o maior elenco transgênero da TV (sem contar os reality shows), além de também estrelar, em grande maioria, atores negros.

O programa foi indicado para Melhor Série Dramática e Melhor Ator em Série Dramática (Billy Porter).

A sua exibição no Brasil acontece no canal Fox Premium.

 Barry

Barry

 (Reprodução/Divulgação)

A comédia estrelada por Bill Hader tem uma trama nada convencional: um matador de aluguel insatisfeito com a profissão decide mudar de carreira e virar ator. Contendo um pouco de ação e drama, a série é um dos destaques de 2018 e é fonte garantida de risadas.

“Barry” está indicada para Melhor Série de Comédia ou Musical, Melhor Ator em Série de Comédia ou Musical (Bill Hader)Melhor Ator Coadjuvante em Série, Série Limitada ou Filme para TV (Henry Winkler).

Essa é mais um produção de sucesso da HBO e está disponível no serviço HBOGo.

 Kidding 

 (Reprodução/Divulgação)

É este o triunfante retorno de Jim Carrey para a televisão. A comédia dramática acompanha Jeff Piccirillo, amado apresentador de um programa infantil que enfrenta um período difícil em sua vida pessoal. O sucesso de crítica já foi renovado para uma segunda temporada e promete chamar a atenção nas premiações. 

A série  conquistou duas indicações: Melhor Série de Comédia ou Musical Melhor Ator em Série de Comédia ou Musical (Jim Carrey).

Infelizmente, “Kidding” ainda não tem exibição no Brasil.

The Good Place

 (Reprodução/Divulgação)

Protagonizada por Kristen Bell, o programa já conta com três temporadas. A história gira em torno de Eleanor Shellstrop que, ao morrer, descobre ser uma das poucas pessoas escolhidas para passar a eternidade no “Lugar Bom”. Só tem um problema: ela não deveria estar lá e sim outra pessoa, com o mesmo nome e data de morte.

Suas duas indicações são para Melhor Série de Comédia ou Musical Melhor Atriz em Série de Comédia ou Musical (Kristen Bell).

Ficou com vontade de ver? Corra pra Netflix!

Veja também

 The Kominsky Method

The Kominsky Method

 (Reprodução/Divulgação)

Essa é mais uma das melhores estreias de 2018. A história acompanha os altos e baixo de Sandy, que já foi um famoso ator de Hollywood e hoje é tecnico de atuação, e de seu “amigo-agente”, Norman. Estrelado por duas lendas do cinema, Michael Douglas e Alan Arkin, a série é um divertido retrato da vida na terceira idade.

A produção concorre nas categorias de Melhor Série de Comédia ou MusicalMelhor Ator em Série de Comédia ou Musical (Michael Douglas)Melhor Ator Coadjuvante em Série, Série Limitada ou Filme para TV (Alan Arkin).

“The Kominsky Method” está disponível na Netflix!

 The Marvelous Mrs. Maisel

The Marvelous Mrs. Maisel

 (Reproduções/Divulgação)

A série, que já conta com duas temporadas, roubou a cena no Emmy 2018 e talvez repita o feito no Globo de Ouro! A trama é centrada em Midge Maisel, uma dona de casa norte-americana do final dos anos 50 que decide tentar uma carreira de comediante. Spoiler”: As risadas estão garantidas!

“The Marvelous Mrs. Maisel” foi indicada para Melhor Série de Comédia ou MusicalMelhor Atriz em Série de Comédia ou Musical (Rachel Brosnaham) Melhor Atriz Coadjuvante em Série, Série Limitada ou Filme para TV (Alex Bornstein).

A exibição é feita pelo Amazon Prime Video!

The Alienist

 (Reprodução/Divulgação)

Esse suspense é ambientado na Nova York de 1896 e gira em torno de um grupo de especialistas que utiliza as primeiras técnicas de psicologia e investigação forense para capturar um serial killer. Se você gosta de mistérios “estilo Sherlock Holmes”, vale à pena dar uma chance para a série. Mas atenção: algumas cenas são bastante violentas. 

“The Alienist” concorre apenas na categoria Melhor Série Limitada ou Filme para TV.

Todos os dez episódios estão disponíveis na Netflix.

 The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story

The Assassination of Gianni Versace

 (Reprodução/Divulgação)

A segunda temporada da série antológica America Crime Story foi tão incrível quanto a primeira. Dessa vez, o tema escolhido foi o assassinato do estilista Gianni Versace, que resultou na busca por Andrew Cunanan, autor do crime.

A série foi indicada para Melhor Série Limitada ou Filme para TVMelhor Ator em Série Limitada ou Filme para TV (Darren Criss)Melhor Ator Coadjuvante em Série, Série Limitada ou Filme para TV (Edgar Ramirez) Melhor Atriz Coadjuvante em Série, Série Limitada ou Filme para TV (Penelope Cruz).

No Brasil, a exibição foi feita pelo canal FX e a série entrará para a Netflix em 17 de janeiro.

Veja também

Escape at Dannemora

 (Reprodução/Divulgação)

Dirigida e produzida por Ben Stiller, a série é estrelada por Benicio Del Toro, Paul Dano e Patricia Arquette. Apesar de ter uma história maluca, ela é baseada em acontecimentos verdadeiros. Os sete episódios narram a fuga de dois assassinos condenados de uma prisão de segurança máxima em Nova York.

A produção concorre em duas categorias: Melhor Série Limitada ou Filme para TV Melhor Atriz em Série Limitada ou Filme para TV (Patricia Arquette).

“Escape at Dannemora” ainda não tem previsão de estreia no Brasil 😦

Sharp Objects

 (HBO/Divulgação)

A produção recebeu o título de “Objetos Cortantes” no Brasil. Inspirada na obra de mesmo nome da autora Gillian Flynn, a trama tem como ponto de partida o retorno da repórter Camille Preaker (Amy Adams) para sua cidade natal, onde aconteceram dois assassinatos misteriosos, fazendo com que ela reencontre a sua problemática mãe e revisite os traumas do passado.

A minissérie conquistou três indicações:  Melhor Série Limitada ou Filme para TVMelhor Atriz em Série Limitada ou Filme para TV (Amy Adams) Melhor Atriz Coadjuvante em Série, Série Limitada ou Filme para TV (Patricia Clarkson).

“Sharp Objects” foi exibida pela HBO e está disponível no serviço de streaming do canal.

 A Very English Scandal

 (Reprodução/Divulgação)

A produção britânica, protagonizada por Hugh Grant, é a dramatização do escândalo que acabou com a carreira do político Jeremy Thorpe. A polêmica chegou a envolver o suposto amante de Thorpe e até mesmo tramas de assassinato.

“A Very English Scandal” concorre em Melhor Série Limitada ou Filme para TVMelhor Ator em Série Limitada ou Filme para TV (Hugh Grant) Melhor Ator Coadjuvante em Série, Série Limitada ou Filme para TV (Ben Wishaw).

Ainda não temos, infelizmente, a previsão de estreia no Brasil.

 

☆ Será que seu signo tem a ver com o signo do crush? Entenda o que é e do que fala a sinastria ☆