Há indícios de que Valquiria será a 1ª heroína abertamente LGBT da Marvel

E a própria Tessa Thompson, intérprete da personagem, falou sobre o assunto.

Uma das 11 novas produções anunciadas pela Marvel na noite de sábado (20), durante a Comic-Con de San Diego, na Califórnia, foi o filme “Thor: Love and Thunder” (“Thor: Amor e Trovão”, em tradução livre), quarta parte da franquia que tem estreia prevista para 5 de novembro de 2021.

O longa, além de mostrar pela primeira vez a Thor, versão feminina do Deus do Trovão vivida por Natalie Portman (a Jane Foster), pode ser o primeiro a contar com um herói abertamente LGBTQ+, a super-heroína Valquiria, cuja intérprete é Tessa Thompson.

Quem acompanha o Universo Marvel já estava a par de que, em breve, algum super-herói ou heroína se assumiria LGBT nos próximos filmes. Isso foi confirmado, em maio passado, por Joe Russo, um dos diretores de “Vingadores: Ultimato” que, inclusive, fez uma ponta na história como um personagem gay que aparecia conversando com o Capitão América.

Na Comic-Con, porém, foi a própria Tessa que falou sobre o assunto, quando comentava os próximos passos da trajetória de Valquiria – agora, a grande responsável pelo trono do Reino de Asgard.

“Primeiro de tudo, como um ‘rei’, como o ‘novo rei’, ela precisa encontrar sua rainha”, disse a atriz, em meio a gritinhos animados dos fãs, os mesmos que já haviam shippado ela com a Capitã Marvel.

Vem, Fase 4!

A importância de Mercúrio no seu Mapa Astral – escute já!