Todos os indicados ao Globo de Ouro 2018 e nossas apostas

Confira a lista com todos os indicados ao Globo de Ouro 2018 e as nossas apostas e torcidas para a premiação deste ano

Neste domingo (7) ocorre em Los Angeles, Estados Unidos a 75ª edição do Globo de Ouro, premiação que celebra as melhores produções do cinema e da TV, de acordo com a Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood. A cerimônia, que começa às 23h (horário de Brasília) e será transmitida pela TNT, será apresentada por Seth Meyers

Serão entregues prêmios em 24 categorias diferentes, sendo 11 para produções de TV e 13 para obras cinematográficas. Abaixo, listamos todos os indicados, e aproveitamos para registrar nossas apostas. Quem será que vai sair com mais troféus na noite? Confira.

Melhor filme – drama

“A Forma da Água”
“Me Chame pelo seu Nome”
“Dunkirk”
“The Post: A Guerra Secreta”
“Três Anúncios Para um Crime”

a forma da agua indicada globo de ouro

 (Kerry Hayes/Divulgação)

Nossa aposta: “A Forma da Água
O mais novo filme do diretor Guillermo del Toro lidera as indicações esse ano e deve levar muitos prêmios, incluindo esse que é um dos mais importantes da noite. Trata-se de mais um “conto de fadas adulto”, e conta a história de uma mulher muda que se apaixona por uma criatura misteriosa. O filme já levou o Leão de Ouro em Veneza e deve faturar esse prêmio também.

>>> Veja todos os looks (pretos) das famosas no tapete vermelho do Globo de Ouro 2018

Melhor filme – comédia ou musical

“Artista do Desastre”
“Corra!”
“O Rei do Show”
“I, Tonya”
“Lady Bird: É Hora de Voar”

lady bird indicada ao globo de ouro

 (Lady Bird/Divulgação)

Nossa aposta: “Lady Bird: É Hora de Voar”
O filme escrito e dirigido por Greta Gerwig, também roteirista de “Frances Ha” é uma das grandes surpresas do ano, arrebatando público e crítica. Com elenco jovem e trama envolvente, estrelado por Saoirse Ronan, tem grandes chances de derrotar os demais e brilhar nessa categoria.

Melhor diretor

Guillermo del Toro, por “A Forma da Água”
Martin McDonagh, por “Três Anúncios Para um Crime”
Christopher Nolan, por “Dunkirk”
Ridley Scott, por “Todo o Dinheiro do Mundo”
Steven Spielberg, por “The Post”

Nossa aposta: Guillermo del Toro

Melhor ator em um filme comédia ou musical

Steve Carell, por “Batalha dos Sexos”
Ansel Elgort, por “Em Ritmo de Fuga”
James Franco, por “Artista do Desastre”
Hugh Jackman, por “O Rei do Show”
Daniel Kaluuya, por “Corra!”

disaster artist indicada ao globo de ouro Dave Franco e James Franco em “The Disaster Artist”

Dave Franco e James Franco em “The Disaster Artist” (Warner Bros./Divulgação)

Nossa aposta: James Franco
O ator não tem medo de se arriscar e dessa vez não só estrelou como dirigiu o filme pelo qual foi indicado. Sua atuação tem sido elogiadíssima, especialmente pelo comprometimento do ator ao interpretar Tommy Wiseau – um excêntrico cineasta polonês que ainda está vivo, já assistiu à performance e disse que James Franco está perfeito. Então…

Melhor ator em um filme drama

Timothée Chalamet, por “Me Chame pelo seu Nome”
Daniel Day-Lewis, por “Phantom Thread”
Tom Hanks, por “The Post”
Gary Oldman, por “O Destino de uma Nação”
Denzel Washington, por “Roman J. Israel, Esq.”

Nossa aposta: Timothée Chalamet
Na realidade, mais do que uma aposta, nessa categoria nossa torcida vai para Timothée, que interpreta Elio Perlman com uma delicadeza absurda nesse lindo filme. E seria interessante ver um novato vencendo quatro grandes estrelas de Hollywood em uma categoria tão importante, não seria?

Melhor atriz em um filme comédia ou musical

Judi Dench, por “Victoria e Abdul”
Helen Mirren, por “The Leisure Seeker”
Margot Robbie, por “I, Tonya”
Saoirse Ronan, por “Lady Bird: É Hora de Voar”
Emma Stone, por “Batalha dos Sexos”

Nossa aposta: Saoirse Ronan
Se ainda não ficou claro, estamos torcendo pelos jovens talentos, esse ano.

Melhor atriz em um filme drama

Jessica Chastain, por “A Grande Jogada”
Sally Hawkins, por “A Forma da Água”
Frances McDormand, por “Três Anúncios Para um Crime”
Meryl Streep, por “The Post”
Michelle Williams, por “Todo o Dinheiro do Mundo”

meryl streep indicada globo de ouro

 (The Post/Divulgação)

Nossa aposta: Meryl Streep
Não é Globo de Ouro se Meryl Streep não sai da premiação com seu trofeuzinho: ela já ganhou nove vezes, e para não quebrar a tradição – dá um azar danado! – torcemos para que ela ganhe novamente. Mas, brincadeiras à parte, ela está excelente no filme “The Post” e sempre merece os prêmios que ganha.

Melhor ator coadjuvante

Armie Hammer, por “Me Chame pelo seu Nome”
Richard Jenkins, por “A Forma da Água”
Sam Rockwell, por “Três Anúncios Para um Crime”
Willem Dafoe, por “Projeto Flórida”
Christopher Plummer, por “Todo Dinheiro do Mundo”

Nossa aposta: Willem Dafoe
O ator veterano não teve estrelismo ao se juntar com um elenco inexperiente para filmar “Projeto Flórida”, um filme de relativo baixo orçamento que conquistou o coração da crítica. Seria bonito se ele vencesse!

Melhor atriz coadjuvante

Laurie Metcalf, por “Lady Bird: É Hora de Voar”
Allison Janney, por “I, Tonya”
Mary J. Blige, por “Mudbound”
Octavia Spencer, por “A Forma da Água”
Hong Chau, por “Downsizing”

Nossa aposta: Mary J. Blige
Porque a gente adora a Mary J. Blige e não queremos nem pensar em não torcer por ela. Apesar disso, a crítica se divide entre Allison Janney e Laurie Metcalf, nessa categoria. Saiba disso caso vá participar de algum bolão…

Melhor roteiro

Guillermo del Toro e Vanessa Taylor, por “A Forma da Água”
Greta Gerwig, por “Lady Bird: É Hora de Voar”
Liz Hannah and Josh Singer, por “The Post”
Martin McDonagh, por “Três Anúncios Para um Crime”
Aaron Sorkin, por “A Grande Jogada”

Nossa aposta: Aaron Sorkin
Não é por nada não, mas Aaron Sorkin já levou o Globo de Ouro duas vezes nos últimos anos: com “A Rede Social” e com “Steve Jobs”. Ele é queridinho da Associação de Correspondentes e deve faturar de novo.

Melhor Trilha Sonora

Carter Burwell, por “Três Anúncios Para um Crime”
Alexandre Desplat, por “A Forma da Água”
Jonny Greenwood, por “Phantom Thread”
John Williams, por “The Post”
Hans Zimmer, por “Dunkirk”

Nossa aposta: Hans Zimmer
A trilha sonora é responsável por pelo menos 50% da qualidade de “Dunkirk”. Hans Zimmer fez um trabalho genial ao temperar as cenas de guerra com tensão, e deixou todo mundo grudado na cadeira do cinema. Maravilhoso!

Melhor Música Original

“Home”, de “O Touro Ferdinando”
“Mighty River”, de “Mudbound”
“The Star”, de “A Estrela de Belém”
“Remember Me”, de “Viva! A Vida é uma Festa”
“This Is Me”, de “O Rei do Show”

Nossa aposta: “Remember Me”
Esse filme é uma fofura, e essa música é uma graça! Estamos na torcida.

Melhor filme em língua estrangeira

“Uma mulher fantástica”
“First They Killed My Father”
“Em Pedaços”
“Loveless”
“The Square”

Nossa aposta: “First They Killed My Father”
Por motivos de Angelina Jolie, estamos torcendo por esse filme e apostando na vitória dele. Tem na Netflix, você já assistiu?

Melhor série dramática

“Game of Thrones”
“The Crown”
“This Is Us”
“Stranger Things”
“The Handmaid’s Tale”

elisabeth moss alexis bledel handmaids tale

 (Divulgação/Hulu)

Nossa aposta: “The Handmaid’s Tale”
Nada foi melhor na TV norte-americana em 2017 do que essa série. A única que chegou perto foi “Big Little Lies”, mas como ela não foi indicada nessa categoria, o prêmio vai para Elisabeth Moss e sua turma, que contou com maestria a história imaginada por Margaret Atwood. Uma das obras mais importantes da história da TV mundial. Se você ainda não assistiu a Handmaid’s Tale, aqui damos alguns bons motivos para ver.

Melhor ator em série

Jason Bateman, por “Ozark”
Sterling K. Brown, por “This Is Us”
Freddie Highmore, por “The Good Doctor”
Bob Odenkirk, por “Better Call Saul”
Liev Schreiber, por “Ray Donovan”

Nossa aposta: Sterling K. Brown
Quem já teve a oportunidade de derramar litros de lágrimas assistindo ao dramalhão “This is Us” sabe que uma das melhores coisas da série é ver Sterling K. Brown interpretar com extrema delicadeza Randall. A gente aplaude de pé!

Melhor atriz em série

Caitriona Balfe, por “Outlander”
Claire Foy, por “The Crown”
Maggie Gyllenhaal, por “The Deuce”
Katherine Langford, por “13 Reasons Why”
Elisabeth Moss, por “The Handmaid’s Tale”

Nossa aposta: Elisabeth Moss
Basta assistir a um episódio de “Handmaid’s Tale” para se impressionar com o talento de Elisabeth Moss ao interpretar Offred/June. Ela não se intimida com a câmera fechada no rosto dela e entrega todo o sentimento da personagem no olhar. Genial.

Melhor ator em minissérie ou filme pra TV

Robert De Niro, por “The Wizard of Lies”
Jude Law, por “The Young Pope”
Kyle MacLachlan, por “Twin Peaks”
Ewan McGregor, por “Fargo”
Geoffrey Rush, por “Genius”

Nossa aposta: Kyle MacLachlan
Em uma categoria com nomes estreladíssimos (Robert De Niro fazendo TV, que privilégio!), a gente acha que vai vencer o saudosismo cult de Twin Peaks, e o carisma de Kyle MacLachlan com seu divertido agente Cooper.

Melhor atriz em minissérie ou filme para TV

Jessica Biel, por “The Sinner”
Nicole Kidman, por “Big Little Lies”
Jessica Lange, por “Feud: Bette & Joan”
Susan Sarandon, por “Feud: Bette & Joan”
Reese Witherspoon, por “Big Little Lies”

Nicole Kidman e Alexander Skarsgård, em "Big Little Lies" Nicole Kidman e Alexander Skarsgård: atuações excepcional em “Big Little Lies”

Nicole Kidman e Alexander Skarsgård: atuações excepcional em “Big Little Lies” (Reprodução/HBO)

Nossa aposta: Nicole Kidman
A atriz teve o melhor comeback dos últimos tempos, e isso se deve em grande parte à personagem Celeste, interpretada por ela em “Big Little Lies”. Você sofre junto com Celeste, e isso só acontece porque a atriz arrasa, mesmo. Merecido!

Melhor atriz coadjuvante em TV

Laura Dern, por “Big Little Lies”
Ann Dowd, por “The Handmaid’s Tale”
Chrissy Metz, por “This Is Us”
Michelle Pfeiffer, por “The Wizard of Lies”
Shailene Woodley, por “Big Little Lies”

Nossa aposta: Ann Dowd
Mais uma para a conta de “Handmaid’s Tale”, na nossa opinião. A veterana mandou muito bem ao interpretar a Tia Lydia, ao mesmo tempo severa e amorosa.

Melhor ator coadjuvante em TV

David Harbour por “Stranger Things”
Alfred Molina, por “Feud: Bette & Joan”
Christian Slater, por “Mr. Robot”
Alexander Skarsgaard, por “Big Little Lies”
David Thewlis, por “Fargo”

Nossa aposta: Alexander Skarsgaard
O galã abraçou o papel do odiável Perry e fez a gente esquecer que ele é um rostinho (muito) bonito. Isso, por si só, já é um grande feito, digno de premiação.

Melhor minissérie ou filme para TV

“Big Little Lies”
“Fargo”
“Feud: Bette & Joan”
“The Sinner”
“Top of the Lake: China Girl”

Nossa aposta: “Big Little Lies”
Daquelas minisséries que dá vontade de assistir incontáveis vezes, sabe? Big Little Lies trata de um jeito muito interessante de assuntos atuais e importantes, como violência doméstica e homens bunda-mole. Só assistindo para entender, e aqui a gente lista 10 motivos para assistir Big Little Lies e virar fã como a gente virou.

Melhor série de comédia

“Black-ish”
“The Marvelous Mrs Maisel”
“Master of None”
“SMILF”
“Will & Grace”

will and grace indicada globo de ouro

 (NBC/Divulgação)

Nossa aposta: “Will and Grace”
A gente adora um comeback, e a nova temporada de Will and Grace não poderia ter vindo em melhor hora. Com Trump presidente dos EUA e a sociedade caminhando a passos largos para trás, uma das séries mais ousadas dos anos 1990 provou que ainda é atual e tem muito valor. Estamos na torcida!

Melhor atriz de comédia ou musical

Pamela Adlon, por “Better Things”
Alison Brie, por “GLOW”
Rachel Brosnahan, por “The Marvelous Mrs Maisel”
Issa Rae, por “Insecure”
Frankie Shaw, por “SMILF”

Nossa aposta: Rachel Brosnahan
Ela está ótima nessa comédia feita sob medida para os fãs de Gilmore Girls. Não assistiu ainda? Vale muito a pena!

Melhor ator em comédia ou musical

Anthony Anderson – “Black-ish”
Aziz Ansari – “Master of None”
Kevin Bacon – “I Love Dick”
William H. Macy – “Shameless”
Eric McCormack – “Will & Grace”

Nossa aposta: Eric McCormack
Nosso querido Will não perdeu o molho e nem a graça, e estamos na torcida para que ele finalmente, depois de tantos anos, leve um Globo de Ouro para casa.