Juiz autoriza peça de teatro que mostra Jesus como travesti

"Somos todos iguais", declarou o juiz que liberou a exibição da peça "O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu" em Porto Alegre.

Depois de ter sua exibição vetada em São Paulo, a peça teatral “O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu” foi autorizada pela Justiça no Rio Grande do Sul, e será apresentada em Porto Alegre. “Transexual, heterossexual, homossexual, bissexual, constituem seres humanos idênticos na essência, não sendo minimamente sustentável a tese de que uma ou outra opção possa diminuir ou enobrecer quem quer que seja representado no teatro”, declarou o juiz José Antônio Coitinho.

Leia também: Falar de pessoas trans na novela não é meter opinião goela abaixo

A peça vem gerando polêmica pois é um monólogo em que Jesus Cristo é interpretado por uma travesti, a atriz Renata Carvalho. Na semana passada, o juiz Luiz Antonio de Campos Júnior concedeu uma linimar para vetar a exibição do espetáculo em Jundiaí, no estado de São Paulo. A censura foi solicitada pela advogada Virginia Bossonaro Rampin Paiva, sob a alegação de que a peça expõe a figura de Jesus ao ridículo.

Já no Rio Grande do Sul, a ação foi movida pelo advogado Pedro Geraldo Cancian Lagomarcino Gomes. Só que, dessa vez, o juiz responsável pela análise do caso concluiu que a peça não tem teor ofensivo. Segundo ele, “O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu” não ridiculariza a crença cristã e apenas representa Jesus de uma maneira diferente da usual, o que já foi feito inúmeras vezes ao longo da história.

“E, sem citar um único artigo de lei, vamos garantir a liberdade de expressão dos homens, das mulheres, da dramaturga transgênero e da travesti atriz, pelo mais simples e verdadeiro motivo: porque somos todos iguais”, declara a sentença.

A peça será exibida nos dias 21 e 22 de setembro (quinta e sexta-feira) no Teatro Bruno Kiefer, da Casa de Cultura Mario Quintana, e integra a programação do festival Porto Alegre em Cena. Os ingressos estão esgotados.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s