Mati Diop: a 1ª mulher negra a concorrer à Palma de Ouro em Cannes

Saiba um pouco mais sobre a cineasta franco-senegalesa que está conquistando seu espaço no mundo cinematográfico.

O Festival de Cannes, evento que prestigia cineastas, produtores e atores, começou na última terça-feira (14) e vai até sábado (25). Lá, diversos filmes são exibidos e, após, há a entrega de prêmios àqueles que mais agradaram o juri.

A Palma de Ouro é o prêmio mais importante do festival. É equivalente à categoria de Melhor Filme do Oscar.

Veja também: Brad Pitt e Leonardo DiCaprio estão MUITO GATOS no red carpet em Cannes

Dentre os indicados desse ano, ‘Atlantique‘, da França, chama a atenção. Isso porque a direção do longa é comandada por Mati Diop, a primeira mulher negra a concorrer ao prêmio principal. Ela compete com outras 18 produções de diversos países.

Mati tem 37 anos, é atriz e diretora franco-senegalesa – e possui 18 filmes em seu currículos. Nascida em Paris, ela é filha do músico Wasis Diop e sobrinha de Djibril Diop Mambéty. O talento para as artes e o audiovisual já estava em seu sangue.

Estudou e contribuiu com pesquisas artísticas para o Palais de Tokyo e no Estúdio Nacional de Artes Contemporâneas de Fresnoy, ambos localizados na França. Seu primeiro papel como atriz foi em ‘35 Doses de Rum‘, de 2008. Como diretora, ‘Atlantique’ é seu primeiro filme.

Mame Sane em cena de 'Atantique', de Mati Diop. Mame Sane em cena de ‘Atantique’, de Mati Diop.

Mame Sane em cena de ‘Atantique’, de Mati Diop. (IMDb/Divulgação)

Hoje, ela herda a tradição artística de sua família e traz para as telonas um pouco da sua visão sobre o mundo e assuntos de cunho social e político. Seu filme indicado à Palma de Ouro tem como tema principal a imigração de povos, a segregação social e costumes distintivos relacionados às mulheres.

‘Atlantique’ retrata a fuga de trabalhadores do subúrbio de Dakar, no Senegal, que estavam construindo um prédio futurista, mas nunca recebiam pelo serviço. Um desses trabalhadores é Suleiman, que decide escapar do país pelo mar. Ele é apaixonado por Ada, uma mulher que está sendo forçada a se casar com um homem que não ama.

O elenco conta com Mame Sane, Traore, Abdou Baide e Aminata Kane. Além de diretora, Mati Diop também é corroteirista do longa.

Mati Diop e o elenco de 'Atlantique' no Festival de Cannes Mati Diop (no centro) e o elenco de ‘Atlantique’ no Festival de Cannes.

Mati Diop (no centro) e o elenco de ‘Atlantique’ no Festival de Cannes. (Daniele Venturelli/Getty Images)

A cineasta está fazendo história em Cannes, mas ela mesma se diz um pouco triste com esse fato.

“Meu primeiro sentimento de ser a primeira diretora negra [com um filme indicado à Palma de Ouro] foi um pouco triste, já que isso apenas aconteceu hoje, em 2019 […] Eu sabia disso, mas é sempre um lembrete de que muito trabalho ainda precisa ser feito”, disse Mati para a BBC.

Mesmo assim, ela ainda acredita que o marco possa inspirar outras mulheres a lutarem pelas suas conquistas. “Se para algumas jovens diretoras negras eu possa representar uma nova dinâmica, eu estou extremamente feliz”, disse.

☆ Será que seu signo tem a ver com o signo do crush? Entenda o que é e do que fala a sinastria ☆