Personagem infantil se assume gay e se casa em capítulo histórico

A cena é um importante momento a ser celebrado para construir a aceitação da diversidade desde cedo entre os pequenos.

Os programas televisivos e desenhos costumam retratar as nuances da realidade, trazendo temas que são discutidos na sociedade para dentro da telinha. E a importância de falarmos sobre diversidade e representatividade dentro do entendimento de cada idade é fundamental.

Na última segunda-feira (13), o desenho animado “Arthur“, da rede de televisão norte-americana PBS Kids, deu um importante passo para celebrar o amor de um dos personagens queridinhos do público. No episódio, o professor Ratburn se casou com alguém do mesmo gênero, se assumindo gay para os alunos da escola.

Intitulado “Sr. Ratburn e o Alguém Especial”, o episódio tratou com naturalidade a cerimônia de casamento, da mesma forma como geralmente são mostrados os casamentos entre pessoas heterossexuais nas animações. Mas quem prestou atenção aos detalhes das falas dos alunos e gestos do professor pôde observar as lindas mensagens deixadas no enredo.

Em uma das cenas, as crianças ficam surpresas quando descobrem que a mulher com quem achavam que o professor se casaria não era sua noiva de fato, mas sua irmã. “Com quem o Sr. Ratburn vai se casar?”. Então, ao som de violinos, surge o professor de braços dados com outro personagem masculino caminhando para o altar. No percurso, ele dá uma singela piscada para os alunos, que reagem muito bem.

Na cena seguinte, uma das alunas está incrédula porque o professor se casou, e não com quem. “Sim, é um mundo novo”, comenta uma delas, como um breve sinal da incorporação das mudanças culturais na sociedade – e nos desenhos animados também.

O amor venceu mais uma vez e precisamos celebrar todos os pequenos feitos, seja na vida real ou nos desenhos!