Policial e romance: Marina Ruy chega aos cinemas com 2 filmes diferentes

"Todas as Canções de Amor" e "Sequestro Relâmpago" são longas completamente diferentes entre si, que colocam a versatilidade da atriz à prova.

Marina Ruy Barbosa resolveu se jogar nos trabalhos de cinema e a bonita não brinca em serviço. No mês de novembro veremos a atriz em duas estreias e elas são BEM diferentes uma da outra.

Veja também

Em cartaz a partir do próximo dia 8, no longa “Todas as Canções de Amor” Marina interpreta Ana, uma jovem que se muda para um apartamento antigo com o namorado (Bruno Gagliasso). Lá ela encontra uma fita k7 gravada 20 anos antes por outra mulher (Luiza Mariani), dedicada ao marido dela (Julio Andrade). Ali estão canções de amor melancólicas que sugerem que casal estava terminando o relacionamento. 

E no dia 22 de novembro chega às telonas “Sequestro Relâmpago”, filme que tem um mood completamente diferente. Nele, Marina interpreta Isabel, uma garota que é sequestrada por dois homens (Sidney Santiago e Daniel Rocha). O trailer dá a entender que o longa se passa todo na mesma noite e podemos ver que a tensão entre os três personagens é constante – com direito a reviravoltas.

Um detalhe muito bacana é que ambos os filmes são dirigidos por mulheres. “Todas as Canções de Amor” é comandado por Joana Mariani e “Sequestro Relâmpago” por Tata Amaral.

Esses dois longas marcam o pontapé inicial de Marina como protagonista em trabalhos de cinema. Antes disso, seu único filme que foi “Xuxa e o Tesouro da Cidade Perdida”, em 2004. Ela tinha apenas 9 anos quando o longa foi lançado e trata-se do primeiro trabalho dela como atriz.

☆ Pedras, cristais e rituais de proteção: saiba como usar ☆