Por que ‘It – Capítulo Dois’ é um dos filmes mais notáveis do ano

Com elenco forte e roteiro marcante, o desfecho da adaptação da obra de Stephen King brilha como nunca.

Quando ‘It – A Coisa‘ foi lançado em 2017 os fãs ficaram eufóricos. Uma das obras mais icônicas de Stephen King seria adaptada para as telonas e ganharia a atenção dos familiarizados com a história (e dos fãs de terror, no geral). Agora, na próxima quinta-feira (5), ‘It – Capítulo Dois‘ invade os cinemas com uma trama tão envolvente quanto a primeira – o MdeMulher já assistiu e aprova!

Com o núcleo principal recheado de atores carismáticos – James McAvoy, Jessica Chastain, Bill Hader, Bill Skarsgård e mais – a parte 2 mostra o retorno dos Otários 27 anos após os acontecimentos macabros na cidade fictícia de Derry, quando Pennywise volta para aterrorizar os habitantes do lugar. Resta aos membros do grupo, juntos, revisitarem suas raízes para impedir que o palhaço faça um outro massacre.

Do início ao fim, é só tensão. O filme tem a capacidade de fazer você ficar aterrorizado e torcer loucamente pelos personagens durante quase três horas – que, felizmente, passam despercebidas. Em meio à transição de fases e de atores, os personagens mantém a mesma identidade, o que deixa a história (quase) linear, como se fosse uma grande série de vários episódios.

“O primeiro filme foi mais fácil, mas o segundo foi mais divertido”, afirmou o diretor Andy Muschietti durante a coletiva de imprensa promovida para Warner Bros.. Ele veio ao Brasil com a produtora e irmã Barbara Muschietti, para divulgar o lançamento de ‘It 2’.

Em uma conversa descontraída, ambos falaram da relação que tiveram com a produção do longa e como isso influenciou a carreira deles. Para Andy, o processo de gravar com o grupo de adultos foi mais estimulante, apesar de também mais trabalhoso. “Eu tive que dar razões para tudo que eles estavam fazendo. (Nos dias de gravação) eu tinha que estar lá explicando o que era importante para aquela cena e eles me metralhavam com perguntas, questionamentos e preocupações e, enfim, é uma jornada”.

IT - Capítulo Dois Núcleo principal reúne o grupo 7 adultos em busca de vencer Pennywise em sua cidade natal.

Núcleo principal reúne o grupo 7 adultos em busca de vencer Pennywise em sua cidade natal. (IMDb/Divulgação)

Andy disse que havia decidido fazer um filme mais assustador e elevar a carga emocional da trama. Este propósito é confirmado nas telonas, já que o roteiro traz não só a “maneira adulta” dos personagens em resolver um problema, como também demonstra o impacto e os resquícios do trauma do passado, que ainda permanecem em suas mentes.

Tendo em vista os fãs de thrillers e de Stephen King, sedentos pelo filme, há muita expectativa acumulada nesta sequência para que ele dê certo e entregue uma trama convincente. Mas isso não abalou nem um pouco a confiança dos irmãos. “Se você está preocupado com o que as pessoas estão pensando, você fica paralisado. Andy tinha uma visão concreta sobre o que ele queria fazer e nós apenas a fizemos. Esperamos que as pessoas amem. Como fãs de Stephen King, esse é o filme que gostaríamos de ver”, afirmou Barbara.

Processo de aprendizado e versão estendida do filme

Os irmãos vêm trabalhando juntos em uma série de longas que tomam proporções cada vez maiores. E ambos refletiram sobre como isso transformou a carreira deles – como figuras ascendentes na indústria cinematográfica.

“Enormemente. De ‘Mama’ para ‘It: A Coisa’, e depois para ‘It – Capítulo Dois’, os filmes ficaram exponencialmente grandes. Este último nós filmamos por 86 dias e tivemos 40 dias a mais para as cenas secundárias […] Eu acho que crescemos como pessoas, ‘viramos adultos’, e nossa relação também [amadureceu]. Trabalhamos juntos há 20 anos e eu acho que esse filme foi tão grande e teve aspectos tão mais complicados, que nós nos tornamos comunicadores melhores. Como produtora, eu acho que cresci bastante”, conta Barbara.

Andy acrescentou que fazer filmes é um processo de aprendizagem recorrente e conta uma lição importante que acatou. “Pra mim ainda é um aprendizado. Eu sei que há muito o que aprender. Eu acho que o que eu mais aprendi durante os anos foi dar mais espaço para quem está no set, […] estar aberto às coisas que mudam no dia-a-dia e que tornam a cena melhor”, concluiu.

O cineasta ainda revelou que planeja lançar uma versão especial de diretor com cenas inéditas, que foram cortadas na edição final. Ou seja, mais e mais conteúdos de ‘It’ estão por vir.

IT - Capítulo Dois O diretor Andy Muschietti durante gravações com o núcleo infantil em ‘It 2’.

O diretor Andy Muschietti durante gravações com o núcleo infantil em ‘It 2’. (IMDb/Divulgação)

Para os fãs, uma surpresa muito agradável em ‘It 2’

Atenção! Este trecho pode ser considerado spoiler

Além de tudo isso, o filme ainda tem a a ilustre participação de ninguém menos do que o próprio Stephen King. O autor interpreta o dono de uma antiga loja, onde Bill Denbrought encontra sua bicicleta anos após abandoná-la e pega ela de volta.

Andy disse que selecionou o papel perfeito para ele, que protagoniza uma cena cômica – Stephen ama comédias! – e, de fato, o momento descontraído é bem empolgante. Barbara ainda complementou dizendo que “ele é o ser humano mais doce de todos”.

IT - Capítulo Dois

 (IMDb/Divulgação)

A dupla também disse que Stephen assistiu (algumas vezes) ao filme e adorou. Se o mestre do terror assentiu, ninguém irá discordar dele…