A nutrição pela ayurveda

Com a dieta da medicina ayurvédica, você escolhe alimentos que controlam as emoções e o peso

Os indianos prezam pela nutrição e boa alimentação. Por isso, eles têm certos cuidados no preparo de pratos. A ciência ayurvédica reconhece como algo muito real usar os temperos e especiarias como remédios. Além de acrescentarem sabor ao alimento, eles contém agentes curativos, que possuem propriedades antiinflamatórias, anti-cancerígenas, além de facilitarem a digestão e trazerem benefícios ao coração. 

A nutrição pela ayurveda

Foto: Dercílio

A alimentação ayurvédica é basicamente vegetariana.

Conheça mais da Ayurveda

Faça o teste e descubra seu dosha

Aprender cozinhar usando as massalas indianas (conjunto de temperos) é a base da culinária ayurvédica, pois eles ajudam a prevenir doenças como câncer, problemas cardiovasculares, diabetes, problemas digestivos e até alergias. Muitos dos estudos feitos se concentram nos poderes curativos da cúrcuma, que é a base das especiarias indianas. Alguns deles apontam a eficácia da cúrcuma na prevenção e combate ao câncer.

A comida ayurvédica costuma ser caseira, simples, saudável, fresca e cheia de sabores intrigantes e curativos! Com apenas cinco temperos, podemos criar um universo imenso de sabores, nos pratos do dia a dia: 

· Cúrcuma: tem um aroma de terra e sabor forte0. O sabor é predominantemente amargo. Além de já ter sido comprovada sua eficácia anticancerígena, também é estimulante do cérebro, protege contra doenças cardíacas e fortifica os pulmões. 

· Cominho: é agradável e tem aroma de nozes. O sabor é picante e estimula o sistema digestivo, é usado para tratar gases, além disso, pesquisas mostram que o cominho pode estimular as enzimas pancreáticas. 

· Coentro: sementes e folhas frescas são mais usadas, tem um aroma cítrico muito gostoso. O sabor é adstringente e também estimula o sistema digestivo. Alguns estudos sugerem que ele pode ser útil para tratar alguns tipos de câncer, diabetes, doenças cardiovascular e baixar o nível do mau colesterol (LDL) e aumentar o nível do bom colesterol (HDL). 
 
· Semente de mostarda: adiciona um sabor picante e estimulante que pode ser acrescentado em alimentos gordurosos. Tem sabor picante. 

· Pimenta caiena: deve ser usada com moderação, assim ela dará sabor e calor à comida sem mudar o sabor do prato. O sabor é picante. As pimentas em geral contêm capsaicina, que comprovadamente interrompe a resposta da dor. Também estimula o metabolismo e é benéfica para o coração, por suas propriedades desobstrutivas.

Existe ainda um outro segredo no uso das especiarias e temperos, uma técnica chamada ‘tadka’, ou aquecer os temperos no óleo para realçar o sabor. Somente acrescentar temperos secos à comida não dará um bom resultado, isso vai deixar a comida com gosto seco e amargo. Todos os temperos devem ser aquecidos no óleo, especialmente a cúrcuma, para acentuar mais o sabor. 

 
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s