Comprovado: semente de chia faz emagrecer e ainda regula o intestino

"Perdi 55 kg em 8 meses com a semente de chia! Com apenas duas colheres por dia, regulei meu intestino, espantei a gula e eliminei a gordura! Olha só que diferença!", conta Mariana Marim Alves

Mariana Marim Alves, 19 anos, estudante, Nova Canaã Paulista, SP
Foto: Alan Santana

Eu sempre soube que era capaz de emagrecer, que o resultado só dependia da minha determinação. E tirei a prova quando decidi ficar magrinha para o meu aniversário de 15 anos. Fiz um regime maluco, comendo tudo errado, passando horas em jejum, desmaiando e vomitando pelos cantos. Foi uma agressão, mas consegui: sequei 30 kg em três meses. Passei meu aniversário me sentindo linda, com 70 kg. O problema é que nunca reeduquei minha cabeça. Aí, para engordar outra vez foi um pulo. Nos três anos seguintes, relaxei para valer. Perdi o controle sobre a minha alimentação, fui do manequim 40 ao 52 e me escondi do mundo. Aos 18 anos, cheguei aos 120 kg. E, mais uma vez, foi minha determinação que me salvou da obesidade.

Descosturava a blusa para conseguir vesti-la
Na minha família, criança saudável tinha que ser rechonchudinha, sabe? Meu café da manhã tinha três pães e refrigerante. Além de comer muito no almoço e no jantar, eu ainda beliscava o dia inteiro, mesmo sem fome. Até tentei emagrecer algumas vezes, mas não durava muito. E, depois da minha festa de debutante, desandei de vez.

Foi aí que passei a sentir na pele como é sofrido ser gorda. As pessoas se sentem no direito de criticar sua vida. Às vezes flagrava alguém chamando a atenção da minha mãe para me levar ao médico. Em outras ocasiões, ouvia coisas do tipo: “Acho melhor você não comer, menina. Não acha que já está muito acima do peso?”. Nossa, que ódio!

No meu caso, o grande vilão sempre foi a compulsão. Uma vez, tive um ataque de gula diante de um pote de doce de leite. Comi uma porção, depois outra e mais outra… Acabei com tudo! Isso acontecia sempre: comia demais quando ficava chateada, quando não encontrava roupa, quando estava entediada…

Minha situação chegou a tal ponto que eu usava todo dia a mesma calça jeans 52. Tive uma blusa cinza que também fez história: eu descosturava as mangas para vesti-la, acredita? Só assim ela cabia nos meus braços. Era triste.

Uma promessa me salvou do sobrepeso
Segui nessa situação lamentável até outubro do ano passado, quando decidi fazer uma promessa para ajudar meu pai em questões do trabalho. Era a motivação que me faltava para que eu resgatasse minha determinação e emagrecesse para valer. Fiz uma promessa para Nossa Senhora Aparecida: “Faço uma reeducação alimentar de verdade se a senhora ajudar meu pai”.

E já comecei no dia seguinte. Mudei meus hábitos e, principalmente, minha cabeça. Cortei doces, frituras, refrigerante e guloseimas. Troquei tudo por alimentos saudáveis, integrais e naturais. Também tomei coragem para fazer aulas de jump e passei a caminhar no meu bairro. E criei algumas regras: tomava no mínimo 3 litros de água por dia, não bebia uma hora antes nem uma hora depois das refeições, reforçava o café da manhã e não ficava em jejum.

Além disso, incluí a semente de chia no meu cardápio. Com apenas duas colheres por dia, já notei muitos benefícios: meu intestino finalmente passou a funcionar direito, minha fome diminuiu bastante e minha compulsão por comida ficou controlada!

Emagreci quase 7 kg por mês!
No meio do meu processo de emagrecimento, soube que meu pai não teve seu problema resolvido. Mesmo assim, segui adiante com minha reeducação. Comecei a dieta com 120 kg e vi as roupas ficarem largas já no primeiro mês. Mas só tive coragem de me pesar quatro meses depois: menos 37 kg! Até fui reclamar com a dona da farmácia, achando que a balança tinha algum defeito. Que nada, eu estava no caminho certo! E tive a certeza disso oito meses depois: sequei 55 kg! Sem cirurgia nem remédios!

O poder da sementinha

A chia é uma semente tão eficiente para a saúde e para o emagrecimento que virou a queridinha das dietas. E ela é poderosa mesmo! Confira todos os seus benefícios, segundo a nutricionista Roseli Ueno:

· Regula o intestino pois é rica em fibras.

· Contribui para diminuir o acúmulo de gordura abdominal.

· Estimula o metabolismo porque é rica em nutrientes como cálcio, fósforo e magnésio.

· É um moderador de apetite potente porque forma um gel no estômago que ocupa espaço e dá saciedade.

· Combate rugas e celulites porque é rica em ômega 3.

A chia pode ser encontrada em semente, farinha, óleo e cápsula. De acordo com a especialista, a melhor aposta é a semente, por conter mais fibras. E atenção: a chia é calórica e tem limite de consumo de duas colheres (sopa) por dia! Isso equivale a 100 g e 480 calorias. Dilua a semente em água ou no suco ou salpique nos alimentos. Se preferir em cápsula, tome duas antes do almoço e duas antes do jantar.

Comprovado: semente de chia faz emagrecer e ainda regula o intestino

Foto: Divulgação

1. Semente de Chia (200 g), da Biodream Unilife, na Loja do Jardim, R$ 22,80*
2. Cápsula de Chia (60 cápsulas), da Chá Mais, na Econatuz, R$ 29,90*

Comprovado: semente de chia faz emagrecer e ainda regula o intestino

Foto: Divulgação

3. Farinha de Chia (120 g), da Kariguá, na Da Mata Empório Natural, R$ 22,90*
4. Óleo de Chia Max Chia (45 cápsulas), da Bionatus, na Farmácia Mix, R$ 52,51*

Cardápio inserido
div#cardapio_wrap div,div#cardapio_wrap span,div#cardapio_wrap div#cardapio_wraph1, div#cardapio_wraph2, div#cardapio_wraph3, div#cardapio_wrap p, div#cardapio_wrap a, div#cardapio_wrap em, div#cardapio_wrap img,
div#cardapio_wrap strong, div#cardapio_wrap b, div#cardapio_wrap u, div#cardapio_wrap i, div#cardapio_wrap center, div#cardapio_wrap table, div#cardapio_wrap tr, div#cardapio_wrap td{margin:0;padding:0;border:0;font-size:100%;font:inherit;vertical-align:baseline;}
body{line-height:1;}
table{border-collapse:collapse;border-spacing:0;}

div#cardapio_wrap{font-family:Arial,sans-serif;overflow:hidden;width:620px;}
div#cardapio_wrap div#cardapio_header{background-color:#404042;display:table;height:38px;text-align:center;text-transform:uppercase;width:100%;}
div#cardapio_wrap div#cardapio_header span{color:#fff;display:table-cell;font-size:18px;font-weight:bold;vertical-align:middle;}
div#cardapio_table{display:table;overflow:hidden;width:620px;}
div#cardapio_table div.cardapio_column{background-color:#f6f6f6;display:table-cell;padding-bottom:20px;vertical-align:top;width:205px;}
div#cardapio_table div.cardapio_column.middle{border-left:2px solid #fff;border-right:2px solid #fff;background-color:#eeeeee;margin:0 2px;width:206px;}
div#cardapio_table div.cardapio_column div.cardapio_item{float:left;width:204px;}
div#cardapio_table div.cardapio_column div.cardapio_item h3{color:#000;display:block;font-size:14px;font-weight:bold;letter-spacing:0px;margin:15px 0 11px;text-align:center;text-transform:uppercase;width:100%;}
div#cardapio_table div.cardapio_column.bottom div.cardapio_item h3{margin-top:0;}
div#cardapio_table div.cardapio_column div.cardapio_item p{color:#6f6f6f;display:block;font-size:13px;line-height:19px;margin:0 auto;width:90%;}
div#cardapio_table div.cardapio_column div.cardapio_item h4{color:#6f6f6f;display:block;font-size:13px;font-weight:bold;margin:15px auto 0;text-align:left;width:90%;}

@media only screen and (max-width: 620px), only screen and (max-device-width: 620px){
div#cardapio_table,div#cardapio_wrap{width:100%;}
div#cardapio_table div.cardapio_column{background-color:#fff;display:block;float:left;margin:0 0 3px;padding-bottom:0;width:100%;}
div#cardapio_table div.cardapio_column.middle{background-color:#fff;display:block;margin:0 0 3px;width:100%;}
div#cardapio_table div.cardapio_column.middle div.cardapio_item{background-color:#eeeeee;}
div#cardapio_table div.cardapio_column div.cardapio_item{background-color:#f6f6f6;float:left;padding-bottom:20px;width:100%;}
div#cardapio_table div.cardapio_column div.cardapio_item h3{margin:15px auto 11px;text-align:left;width:90%;}
}

br.clear{clear:both}

O cardápio da Mari

Café da manhã

· 2 fatias de pão integral + 3 fatias de peito de peru + 1 fruta

Dica da nutricionista:

Inclua um iogurte como fonte de cálcio.

Lanche da manhã

· 1 banana ou 1 maçã ou 1 barra de granola

Almoço

· 1 batata cozida + 2 filés de frango + Salada à vontade com 1 colher (sopa) de chia

Lanche da tarde

· 1 fruta ou 1 iogurte com 1 colher (sopa) de chia ou 1 espiga de milho cozida com água e pouco sal

Dica da nutricionista:

· 1 fruta ou 1 iogurte com 1 colher (sopa) de chia ou 1 espiga de milho cozida com água e pouco sal

Jantar

· 1 filé de peixe com legumes refogados ou salada de folhas

Ceia

· 1 xícara de chá verde

Dica da nutricionista:

Não recomendo o chá verde à noite porque é estimulante, diurético e pode prejudicar o sono.

(Cód. Conteúdo: 746475)

*Preços pesquisados em junho/2013