Conheça 5 alimentos com o poder de limpar o organismo

Logo se pensa na dieta da detoxificação para emagrecer, mas ela vai muito além. Entenda sua verdadeira função.

Estresse, poluição, medicamentos, pesticidas e outras substâncias contidas em alimentos e produtos industrializados, dificilmente eliminados pelo rim e pelo fígado, infelizmente fazem parte do dia a dia. É aí que entra a tão comentada “dieta da detoxificação” – popularmente chamada de “detox”. “As pessoas acreditam erroneamente que o objetivo da dieta é o emagrecimento, mas o foco é ‘organizar’ o organismo, promovendo o equilíbrio e aumentando sua capacidade de absorção de nutrientes. Ao eliminar as toxinas que muitas vezes propiciam a retenção de líquidos, elas percebem a redução das medidas e a perda de peso acontece por consequência”, explica a nutricionista Deborah Torci.

Todos os alimentos inflamatórios ou alergênicos, também conhecidos como antinutrientes, devem ser evitados durante a dieta detox: cafeína, álcool, soja, carne vermelha, gordura trans, aromatizantes, embutidos, enlatados e processados.

As pessoas costumam procurar o detox quando exageram no fim de semana, mas a verdade é que devemos ingerir 60% destes alimentos diariamente contra 40%, no máximo, de inflamatórios. “A dieta moderna proporciona exatamente o contrário ou mais. Açúcares, frituras, álcool e industrializados são consumidos em uma proporção muito maior do que frutas, verduras, legumes e cereais integrais”, conta a nutricionista. Quanto à duração da dieta, depende do objetivo e das necessidades de cada um: ela pode durar, 1 dia, 10, 15, 30 ou até mais de um mês.

Confira abaixo cinco alimentos importantes para a dieta detox:

☆ Descubra o significado de VÊNUS no seu Mapa Astral ☆