Descubra como a sua personalidade interfere no seu peso

Conheça a si mesma e seque sem esforço! Assim, você pode mudar de hábitos e comer os alimentos ideais para emagrecer

Foto: Getty Images

Se você vive de dieta e não consegue emagrecer, é melhor dar um pouco mais de atenção à sua personalidade. Foi o que descobriu o neurologista norte-americano Daniel Amen. No livro  The Amen
Solution: The Brain Healthy Way to Lose Weight and Keep It Off (em tradução livre, “A solução de Amen: o caminho saudável do cérebro para perder peso e não recuperá-lo”), ele define quatro tipos de “comedores”: compulsivo, impulsivo, emotivo e ansioso. Amen não sugere um cardápio, mas indica os alimentos ideais para cada tipo de perfil.

No mesmo livro, o neurologista afirma ainda que praticar atividades físicas regularmente também é importante para ajudar a equilibrar os traços mais marcantes de cada personalidade. Descubra qual é a sua e elimine de vez a gordurinha extra.

Melhore o humor!

A nutricionista Ariane Machado Pereira, da DNA Nutri, reforça a teoria do neurologista Daniel Amen de que a personalidade tem grande influência na dieta a ser seguida por cada pessoa.
“Os alimentos certos, inseridos em um plano de alimentação saudável, podem equilibrar os neurotransmissores responsáveis pela sensação de bem-estar que atuam diretamente nas oscilações
de humor”, esclarece Ariane.

TIPO 1.
Pensa em  comida o tempo inteiro

Você é COMPULSIVA e se preocupa com comida a todo instante.

Mudança de comportamento: Em vez de focar seu desejo na comida, procure outro alvo! Comece a ler os rótulos dos alimentos e escolha opções mais saudáveis. Invista em exercícios físicos que lhe deem prazer e use esse sentimento a seu favor.

O que é melhor comer? Evite muita proteína (como carnes), porque o nutriente aumenta a compulsão. Opte por alimentos ricos em triptofano, substância que aumenta o nível de serotonina e a
sensação de bem-estar. É encontrada em alimentos como mel, banana,  ovo, uva, brócoli e feijão-branco.

TIPO 2.
Come tudo o que vê pela frente

Você é do tipo IMPULSIVA e não consegue seguir uma dieta por  causa da falta de controle.

Mudança de comportamento: Encha a geladeira com alimentos saudáveis. Evite comprar salgadinhos, chocolates e comidinhas que só vão detonar sua meta de perder peso.

O que é melhor comer? Evite carboidratos complexos (arroz branco e pão), pois a saciedade que eles provocam dura pouco. Coma proteína e alimentos ricos em tirosina. Isso eleva a produção de dopamina (neurotransmissor ligado à sensação de prazer) e controla o apetite. Invista em carnes magras, feijão-preto, castanhas, leite e chá-verde.

TIPO 3.
Desconta a frustração na comida

Você é uma pessoa EMOTIVA. Busca aconchego e felicidade na comida, mas sente culpa depois de comer.

Mudança de comportamento: Quando você começar a se sentir estressada, frustrada ou triste, em vez de atacar a geladeira, tente melhorar seu humor usando outros tipos de recursos. Ligue para as amigas ou saia para dar uma volta. Procure atividades que não engordem e sejam capazes de lhe dar prazer.

O que é melhor comer? Prefira alimentos com poderes calmantes. Aumente o consumo de ômega-3 (presente no salmão e na sardinha), grãos (sementes de linhaça e chia), verduras escuras e azeite.

TIPO 4.
Precisa mastigar o tempo todo

Esse é o caso da mulher ANSIOSA. Se você sofre com tensões musculares, rói as unhas, tem dores de cabeça frequentes e vive mascando chicletes ou guloseimas, faz parte desse grupo.

Mudança de comportamento: Respire fundo várias vezes ao dia. Procure fazer atividades relaxantes, como meditação. Só vá ao mercado com uma lista de compras em mãos.

O que é melhor comer? Evite dietas muito restritivas, porque vão deixá-la mais ansiosa, e bebidas com cafeína. Invista em espinafre, aveia e lentilha, pois são ricos em taurina e vitamina B6, que estimulam a liberação de neurotransmissores redutores de estresse.