Dieta do prato de sobremesa

Trocar o prato normal por um prato de sobremesa ajuda a emagrecer sem sacrífico e sem gastar dinheiro

É preciso comer no prato de sobremesa
e não repetir
Foto: Getty Images

Aprofessora Renata Rombola queria tanto emagrecer que inventou a própria dieta. Decidida a sair dos 106 kg, ela trocou o prato de comida normal por um de sobremesa. “Meu marido sempre brincava que regime bom era aquele do prato pequeno. Coloquei essa ideia em prática e deu certo”, revela.

Devagar se chega ao longe
Renata levou dois anos para conquistar os atuais 68 kg. “Comecei reduzindo o tamanho do prato e depois passei a fazer a dieta dos pontos. Ela me ajudou muito, porque eu podia comer de tudo, principalmente chocolate”, conta. Renata também começou a se exercitar. “Caminhava duas vezes por dia: 2 km pela manhã e 2 km à tarde. Em um mês, perdi 10 quilos”.

O marido de Renata, Antonio Carlos, foi seu grande incentivador. “Graças a ele, que é biólogo e conhece o corpo humano, conquistei essa vitória. Ele foi o meu nutricionista e meu personal trainer”.

Mas quem acha que Renata está acomodada, se engana. “Que mulher está feliz com o próprio peso? Se disser que estou, é mentira. Estou feliz com meu corpo hoje, mas se perdesse mais dois quilinhos seria ótimo!” 

 

A importância de Mercúrio no seu Mapa Astral – escute já!