Emagreça duas vezes mais comendo pães e massas

Tem um jeito de se deliciar com essas guloseimas e perder peso. Descubra qual é o segredo!

O ideal é seguir um regime que permita comer de tudo, sem restrições
Foto: Getty Images

Não é de hoje que vários profissionais da área de alimentação defendem que, para afinar o corpo e não voltar a engordar, o ideal é seguir um regime que permita comer de tudo, sem restrições. O argumento é simples: ninguém vai querer passar o resto da vida sem ingerir açúcar, por exemplo, comendo só frutas, saladas, legumes, verduras e carnes magras.

Pensando assim, o famoso nutricionista americano Robert Ferguson, autor do livro Diet-Free for Life, Ed. Perigee (em português significa Dieta Livre para a Vida), desenvolveu o chamado “regime dos carboidratos balanceados”, que utiliza uma combinação de carboidratos refinados (brancos), proteínas e fibras para manter as taxas de glicemia e insulina sob controle e, assim, desacelerar a rápida absorção de açúcar.

Quando o nível de insulina é muito alto, as moléculas de glicose são liberadas muito depressa durante a digestão, inundando a corrente sanguínea. O excesso de insulina fica armazenado no organismo em forma de gordura.

Ingrediente necessário
Se o carboidrato é totalmente retirado do prato, o corpo fica sem energia e a pessoa apresenta hipoglicemia (uma baixa de açúcar no sangue que causa tontura, mal-estar e náusea). “Para compensar a falta de pique, o organismo acaba roubando massa muscular magra e o resultado é a flacidez”, destaca Alessandra Rocha Lopes, terapeuta corporal e nutricionista de São Paulo.

Justa medida

Ao combinar os carboidratos às proteínas e fibras você estimula a perda de peso, pois esses macronutrientes desaceleram a absorção de açúcar. Recente estudo, publicado no periódico americano The Journal of the American Medical Association, afirma que essa junção aumenta quase cinco vezes mais o emagrecimento. Entenda como eles funcionam:

Proteínas
Diminuem a absorção de glicose durante a digestão. Assim, a corrente sanguínea não sofre com picos desse elemento e o pâncreas não precisa liberar grandes quantidades de insulina. Pesquisas revelam que o nutriente preserva a massa muscular magra e dobra a queima calórica após a refeição.

Fibras
As fibras contidas em vegetais, feijões e cereais integrais dão a esses alimentos uma qualidade de carboidrato lento. Ou seja, elas retardam a conversão de carboidratos em glicose, dificultando o estoque de calorias no corpo. Verduras com grandes quantidades de fibras estimulam três vezes mais a perda de peso. Além disso, proporcionam maior enchimento gastrointestinal, controlando a fome.

Prato combinado

Acompanhe o cardápio abaixo, de 1 000 calorias diárias, que induz ao emagrecimento de até 4 kg em 15 dias. Para a dieta dar certo, coma a cada três horas, aumente o consumo de água (para otimizar os benefícios das fibras e liberar toxinas) e faça exercícios regularmente para manter o metabolismo ativo.

1º DIA

Café da manhã (7h30)

1 fatia de mamão
1 copo de leite semidesnatado com café
1 fatia de pão integral com requeijão light

Lanche da manhã (10 h)

1 caixinha de suco de uva com soja light
1 bisnaguinha

Almoço (13 h)

1 prato de salada de folhas cruas variadas, temperada com 1 colher (café) de azeite de oliva e ervas
2 colheres (sopa) de arroz integral
1 concha de feijão branco
1 sobrecoxa grelhada com molho de iogurte e limão
1 porção de legumes cozidos
1 copo de chá gelado light
1 porção de salada de fruta

Lanche da tarde (15 h)

1 barrinha de cereais (dê prioridade às que têm maior quantidade de fibras)
1 copo de água saborizada com gotas de limão
1 brigadeiro pequeno

Jantar (19h30 ou 20 h)

1 sanduíche natural feito com duas fatias de pão light, 2 fatias de peito de peru e creme de ricota
Salada com 1 tomate cortado em cubos e 1 cenoura ralada
1 copo de suco de fruta natural

Lanche da noite (22 h)

1 xícara (chá) de chá branco adoçado com mel

2º DIA

Café da manhã (7h30)

1 pote de iogurte desnatado com 1 colher (sopa) de aveia
1 kiwi
1 xícara (chá) de chá branco (se quiser, use adoçante)

Lanche da manhã (10 h)

1 bolacha recheada

Almoço (13 h)

2 colheres (sopa) de arroz branco
1 concha de feijão
1 porção de peixe com cebola e tomate
1 porção de salada de rúcula com tomate seco
1 porção de refogado de vagem com pimentão vermelho e amarelo
1 suco light
1 pote de gelatina de abacaxi

Lanche da tarde (15 h)

1 minibombom
2 fatias de presunto magro
4 fatias de mamão

Jantar (19h30 ou 20 h)

1 prato de sopa de legumes com macarrão
Lanche da noite (22 h)
1 shake de proteína

3º DIA

Café da manhã (7h30)

1 xícara pequena de café
1 fatia de bolo de laranja
1 pote de mix de frutas

Lanche da manhã (10 h)

2 rolinhos de peito de peru

Almoço (13 h)

1 batata inglesa assada e recheada com queijo de minas e ricota
1 bife
1 porção de salada de maçã verde com uvas passas e alface crespa
1 suco de uva light
1 pote de gelatina diet

Lanche da tarde (15 h)

1 barrinha de cereais
2 amêndoas

Jantar (19h30 ou 20 h)

2 colheres (sopa) de arroz integral
1 porção de atum conservado em água
1 porção de suflê de legumes alaranjados
1 copo de chá gelado light
1 fatia fina de manjar

Lanche da noite (22 h)

1 pote de mingau de aveia