O combo dieta, exercício e suplemento é infalível para a perda de peso

"Perdi 21 kg com a dieta seca-barriga. Com dieta, exercícios e os suplementos certos, fiquei gostosa e ganhei uma barriguinha definida", conta Camila Hindi Santos

Camila Hindi Santos, 27 anos, hair design, Indaiatuba, SP
Foto: Alan Teixeira

Nunca imaginei que um dia eu poderia ser gorda. Porém, em menos de 5 segundos minha vida virou de cabeça pra baixo. Foi muito rápido, mas fiquei consciente e vi tudo: eu estava na garupa da motocicleta de uma amiga e, quando me dei conta, estávamos ali jogadas na beira do asfalto. A cabeça da Andreia sangrava e, quando tentei me mexer para socorrê-la, percebi que minha perna estava torta, com o osso aparecendo: era uma fratura exposta.

O que veio depois foi um longo período de recuperação. Passei um mês internada no hospital e fiquei seis meses de repouso em casa, além de fazer duas cirurgias para colocar pinos na perna. Durante um tempo, tive que parar de dançar e de dar aulas de dança.

Engordei 15 kg em dois meses
O acidente me desestruturou. Nunca tive problema com excesso de peso e, em apenas dois meses de repouso, passei dos 65 kg para os 80 kg! Também nunca fui de comer demais, mas naquela fase a comida virou um refúgio pra mim. Eu estava tão frustrada por estar presa em casa, sem poder dançar e ir à faculdade, que descontava essas frustrações na comida. Era fast food, salgados, sorvete…

Só consegui retomar minha vida e voltar a andar normalmente um ano depois, em 2007. Mas o excesso de peso ficou. No ano seguinte, me formei em educação física com um corpo enorme. Estava feliz por essa conquista, mas muito incomodada por estar naquela situação. Gorda daquele jeito, que credibilidade eu teria como profissional de educação física?

Eram tantos os problemas e frustrações acumuladas que em 2010 tive uma crise horrorosa de síndrome do pânico. Senti a sensação de morte iminente! Tudo que eu esperava dos meus 24 anos era segurança, juventude e sucesso, mas o que eu tinha era uma doença psicológica e muitos quilos a mais. Isso sem falar que eu nem podia dançar, pois minha perna ainda não estava totalmente recuperada. A saída foi começar a trabalhar como cabeleireira a domicílio.

Investi na musculação
Gorda, doente, com uma barriga gigante, sonolenta, preguiçosa e com a autoestima no chão. Eu poderia ter permanecido naquela condição pelo resto da vida, mas decidi que não seria essa mulher derrotada. Tirei forças não sei de onde e decidi lutar pelo meu peso e pela minha saúde.

Para começar, em 2011 voltei a dançar e procurei um endocrinologista. Descobri que os hormônios da minha glândula tireoide estavam totalmente desregulados por causa dos corticoides que tomei para as dores na perna. Isso dificultava o emagrecimento. Não adiantava fazer exercícios e comer menos: só depois que os hormônios ficaram reguladinhos é que comecei a perder peso de verdade.

Minha estratégia foi simples: parei de comer carboidratos à noite, passei a tomar chás diuréticos e comer um pouquinho de três em três horas, mesmo sem fome. E fui pra academia fazer musculação, exercícios aeróbicos, como body combat, e muay thai.

Cortei a cerveja pra secar
Nos primeiros seis meses de dieta, emagreci pingadinho: eliminei 10 kg. Minha perda de peso estava muito lenta, e a definição do meu abdômen também. E eu sabia por que: eu ainda abusava da cerveja.Pedi ajuda a Deus pra parar de beber. Deu certo: cortei o álcool e, nos seis meses seguintes, perdi mais 8 kg!

Com ajuda de um personal trainer, passei a tomar os suplementos proteicos BCAA, whey protein e glutamina. Aliados aos exercícios e à dieta regrada, eles me ajudaram a conquistar esse corpo sequinho e a barriguinha definida que tenho hoje!

Da metade de 2012 até hoje, perdi mais 3 kg e atingi os 59 kg, minha marca atual. Voltei a dançar e as crises de pânico passaram. Depois de muitos anos de luta e doença, posso respirar aliviada e celebrar a vida!

Hoje tenho uma forma física melhor do que tinha no passado! Até fui indicada pelo meu instrutor na academia para participar de um concurso de garota fitness! Depois do susto e dos anos de dificuldades, agradeço a Deus todos os dias por estar viva, saudável e mais bonita do que antes da provação pela qual passei.

Para emagrecer e chapar a barriga

Emagrecimento saudável tem tudo a ver com a tonificação da barriga. Palavras da nutricionista Alessandra Luglio, consultora da Hero Nutricionals. A especialista dá quatro dicas pra quem quer perder peso e, de quebra, deixar a barriga chapada:

· Faça 30 minutos de atividade física por dia: É praticamente impossível tonificar a barriga sem um mínimo de atividade física. E é justamente essa atividade que torna o emagrecimento mais rápido e eficaz. Você pode investir em exercícios aeróbicos (andar, correr, pedalar) e anaeróbicos (musculação, pilates). No quadro ao lado, confira algumas opções de exercícios simples para facilitar a tonificação da barriga.

· Consuma carboidratos e proteínas em todas as refeições: Os carboidratos são essenciais pra garantir energia para o corpo. O grande problema é que esses alimentos são rapidamente digeridos, o que provoca fome pouco tempo após a refeição. A solução para esse problema é associar os carboidratos ao consumo de proteínas. Dessa forma, a digestão vai ser mais lenta, a energia para o funcionamento do corpo será liberada mais devagar e a sensação de saciedade será prolongada.

· Associe o whey protein e um suplemento vitamínico: O whey protein é um suplemento à base da proteína do soro do leite. Tem rápida absorção e zero gordura e é ideal para ser consumido após a atividade física. Ele evita a queima de massa magra, facilitando a tonificação da barriga. Já o suplemento vitamínico pode suprir a falta de nutrientes essenciais que atrapalham o metabolismo e o emagrecimento. Para saber a dose exata a ser utilizada, é importante procurar um nutricionista.

· Coma de 3 em 3 horas: Os alimentos são o combustível do corpo. Quando não fornecemos esse combustível com certa regularidade, o organismo diminui o ritmo de trabalho para economizar energia e preservar as funções essenciais, como respiração e batimentos cardíacos. E, se o ritmo de trabalho do organismo é lento, é mais difícil queimar o excesso de gorduras. É por causa desse processo que comer um pouquinho a cada três horas é essencial pra manter o metabolismo acelerado e facilitar a perda de peso.

CUIDADO: Portadores de doenças crônicas/graves devem procurar o médico antes de começar qualquer tipo de dieta. Ao sentir tontura ou fraqueza ao fazer atividade física e dieta, procure ajuda especializada.

Exercícios para fazer em casa

O educador físico Carlos Mello, coordenador da R. White Fitness, ensina duas séries de exercícios para definir a barriga que podem ser feitas em casa, sem o auxílio de aparelhos:

O combo dieta, exercício e suplemento é infalível para a perda de peso

Ilustração: Mauricio Melo

1 e 2. Extensão de joelhos – Fortalece as coxas e a parte inferior do abdômen.

Como fazer bem-feito – Sentada em um banco, com as costas bem apoiadas, estenda e flexione o joelho por 20 vezes, trabalhando uma perna de cada vez. Repita essa série por três vezes sem intervalo de descanso entre uma perna e outra.

O combo dieta, exercício e suplemento é infalível para a perda de peso

Ilustração: Mauricio Melo

3. Abdominais – Trabalham o abdômen.

Como fazer bem-feito – Deitada e com os joelhos flexionados, levante o tronco procurando manter a lombar (parte baixa das costas) sempre apoiada no chão. Contraia o abdômen e volte à posição inicial sem apoiar a cabeça no chão. Faça quatro séries de 20 movimentos, com intervalo de um minuto entre elas.

Produtos

O combo dieta, exercício e suplemento é infalível para a perda de peso

Foto: Divulgação

1. Whey Recovery, New Millen, 900 g, na Nutri Fast Shop, R$ 60*
2. Slice of Life, Hero Nutritionals, 60 gomas, na Onofre, R$ 71,15*
3. Multivitamínico Centrum, Pfizer, 30 cápsulas, na Natue, R$ 57*
4. Whey Protein Whey Recovery, New Millen, 900 g, na Nutri Fast Shop, R$ 60*

Cardápio inserido
div#cardapio_wrap div,div#cardapio_wrap span,div#cardapio_wrap div#cardapio_wraph1, div#cardapio_wraph2, div#cardapio_wraph3, div#cardapio_wrap p, div#cardapio_wrap a, div#cardapio_wrap em, div#cardapio_wrap img,
div#cardapio_wrap strong, div#cardapio_wrap b, div#cardapio_wrap u, div#cardapio_wrap i, div#cardapio_wrap center, div#cardapio_wrap table, div#cardapio_wrap tr, div#cardapio_wrap td{margin:0;padding:0;border:0;font-size:100%;font:inherit;vertical-align:baseline;}
body{line-height:1;}
table{border-collapse:collapse;border-spacing:0;}

div#cardapio_wrap{font-family:Arial,sans-serif;overflow:hidden;width:620px;}
div#cardapio_wrap div#cardapio_header{background-color:#404042;display:table;height:38px;text-align:center;text-transform:uppercase;width:100%;}
div#cardapio_wrap div#cardapio_header span{color:#fff;display:table-cell;font-size:18px;font-weight:bold;vertical-align:middle;}
div#cardapio_table{display:table;overflow:hidden;width:620px;}
div#cardapio_table div.cardapio_column{background-color:#f6f6f6;display:table-cell;padding-bottom:20px;vertical-align:top;width:205px;}
div#cardapio_table div.cardapio_column.middle{border-left:2px solid #fff;border-right:2px solid #fff;background-color:#eeeeee;margin:0 2px;width:206px;}
div#cardapio_table div.cardapio_column div.cardapio_item{float:left;width:204px;}
div#cardapio_table div.cardapio_column div.cardapio_item h3{color:#000;display:block;font-size:14px;font-weight:bold;letter-spacing:0px;margin:15px 0 11px;text-align:center;text-transform:uppercase;width:100%;}
div#cardapio_table div.cardapio_column.bottom div.cardapio_item h3{margin-top:0;}
div#cardapio_table div.cardapio_column div.cardapio_item p{color:#6f6f6f;display:block;font-size:13px;line-height:19px;margin:0 auto;width:90%;}
div#cardapio_table div.cardapio_column div.cardapio_item h4{color:#6f6f6f;display:block;font-size:13px;font-weight:bold;margin:15px auto 0;text-align:left;width:90%;}

@media only screen and (max-width: 620px), only screen and (max-device-width: 620px){
div#cardapio_table,div#cardapio_wrap{width:100%;}
div#cardapio_table div.cardapio_column{background-color:#fff;display:block;float:left;margin:0 0 3px;padding-bottom:0;width:100%;}
div#cardapio_table div.cardapio_column.middle{background-color:#fff;display:block;margin:0 0 3px;width:100%;}
div#cardapio_table div.cardapio_column.middle div.cardapio_item{background-color:#eeeeee;}
div#cardapio_table div.cardapio_column div.cardapio_item{background-color:#f6f6f6;float:left;padding-bottom:20px;width:100%;}
div#cardapio_table div.cardapio_column div.cardapio_item h3{margin:15px auto 11px;text-align:left;width:90%;}
}

br.clear{clear:both}

O cardápio da Camila

Café da manhã

· 2 fatias de pão de fôrma light + 1 fatia de queijo branco + 1 copo de leite desnatado com achocolatado

Dica da nutricionista:

Prefira carboidratos integrais, como o pão de fôrma integral light. No lugar do achocolatado comum, use a versão light.

Antes do treino

· 2 cápsulas de BCAA

Após o treino

· 1 medida de Whein Protein + 1 colher (sobremesa) de glutamina

Dica da nutricionista:

O cardápio como um todo está pobre em frutas. Esse é um bom momento para acrescentar uma banana ou uma água de coco.

Almoço

· 1 prato de salada de rúcula, alface, azeite, sal e limão + 2 colheres (sopa) de arroz ou batata + 1 colher (sopa) de feijão + 1 porção de carne magra ou 1 ovo cozido + 3 colheres (sopa) de legumes variados no vapor

Dica da nutricionista:

Quando optar pelo ovo, faça um omelete com uma clara a mais. Substitua o arroz branco comum pelo integral.

Lanche da tarde

· 1 porção de fruta ou 1 barrinha de cereal

Dica da nutricionista:

Acrescente uma proteína: pode ser um iogurte light ou um polenguinho light.

Lanche da tarde 2

· 1 fatia de pão light com requeijão + 1 copo de suco clight

Dica da nutricionista:

Troque o pão comum pelo integral e acrescente uma proteína, como uma fatia de peito de peru light. O suco clight não agrega muito: prefira uma xícara de chá ou um copo de limonada sem açúcar.

Jantar

· 1 prato de salada de rúcula, alface, azeite, sal e limão + 1 porção de carne magra ou 1 ovo cozido

(Cód. Conteúdo: 755238)

*Preços pesquisados em setembro/2013

A importância de Mercúrio no seu Mapa Astral – escute já!