10 coisas que você deveria ter em casa aos 30 anos

Chega uma certa idade em que você precisa pensar com mais carinho no seu lar

Seja um apartamento alugado ou uma primeira residência, as casas falam muito sobre seus donos. A porta da frente se abre e todo mundo pode avaliar imediatamente: aqui mora um adulto? Veja as dez coisas mais importantes que, na nossa opinião, sua casa deve ter se você já fez 30 anos.

1) Um sofá de verdade. 

Thinkstock Thinkstock

Thinkstock (/)

Não um colchão ou futon desconfortável, nem um sofá velho herdado da tia, ou uma pilha gigantesca de almofadas. Um sofá é o polo de sua vida social, onde seus amigos se reúnem para conversar e se divertir. É onde você passa a maior parte do seu tempo quando está acordado. Comprar um sofá de verdade é um investimento, e algo que não se deve fazer de modo leviano. Os sofás devem ser testados para cochilos, ser resistentes a manchas e, é claro, devem caber no espaço. Eles não devem dominar, mas precisam refletir personalidade — a sua. Então, você gosta de couro, ou de capas avulsas com um pufe combinando?

2) A louça da sua avó.

Thinkstock Thinkstock

Thinkstock (/)

Ela tem lindas florzinhas pintadas, sim, e você jamais teria a escolhido para comprar. Mas está na hora de correr e pegá-la antes que sua irmã se aposse. A louça da vovó crescerá com você, que passará a admirá-la e as conexões familiares que representa. Você lhe dará valor e a passará para seus filhos, que com sorte a transmitirão aos deles. Simplesmente embrulhe-a com carinho, guarde-a e reabra daqui a dez anos. (Você vai nos agradecer por esta dica.)

3) Uma panela elétrica e uma caçarola de ferro.

Thinkstock Thinkstock

Thinkstock (/)

As panelas elétricas são ótimas para gente que trabalha. Você joga os ingredientes lá dentro, liga e vai trabalhar durante 12 horas. Pronto! Quando voltar para casa, terá um jantar quente que não é delivery. As caçarolas de ferro são o que o mantém vivo quando tem tempo para cozinhar de verdade. E escolha uma de verdade, e não as imitações baratas. Afinal, agora você tem 30 anos.

4) Pratos para o dia a dia que não são de plástico.


Thinkstock Thinkstock

Thinkstock (/)

Pratos de papel eram o que você usava na faculdade. Depois você se formou e passou para os plásticos. Amigos, chegou a hora: vidro ou porcelana!

 

5) (A menos que você tenha filhos ou animais – daí sim, pratos plásticos).

Ninguém com saúde mental compra pratos e tigelas de porcelana quando há mãos ou patas escorregadias na casa. E os plásticos de alta linha não são apenas duráveis, são lindos.

6) Velas que queimam de verdade. 

Thinkstock Thinkstock

Thinkstock (/)

As velas foram durante anos sua especialidade decorativa, certo? E mesmo quando elas estão cobertas de pó você não as queima. Está na hora de botar fogo nelas. O negócio das velas é que você pode substituí-las por outras (sem poeira). As velas são baratas. Aproveite.

7) Uma lavadora.

Thinkstock Thinkstock

Thinkstock (/)

Sim, nós sabemos que isso nem sempre é possível. Mas levar sempre as roupas na lavanderia é tão chato, para não falar no dinheiro que consome. A feliz conveniência de poder lavar uma montanha de roupa enquanto você prepara o jantar não pode ser desprezada. E pessoas de 30 anos não devem mais levá-la para a casa da mamãe.

8) Flores frescas.

Thinkstock Thinkstock

Thinkstock (/)

Comprar flores para você é uma afirmação. (Especialmente no inverno, quando a cidade fica cinza e a natureza desolada.) Além disso, os amigos vão pensar que alguém as trouxe para você e nunca irão acreditar que seu admirador secreto é você mesma.

9) Um jogo de taças de vinho.

Thinkstock Thinkstock

Thinkstock (/)

Algum tempo atrás, o único momento em que alguém tinha um jogo de taças iguais era mais ou menos uma semana depois de se casar. Então uma delas quebrava. Hoje não precisamos esperar nosso casamento para comprar um jogo. Taças de vinho apropriadas são um sinal definitivo de que você é um adulto.

10) Toalhas que combinam.

Thinkstock Thinkstock

Thinkstock (/)

Veja o item acima. É o mesmo princípio. O negócio das toalhas é que só tendemos a trocá-las quando nos mudamos. Um novo esquema de cores exige algumas toalhas novas. Então quando você tiver 30 anos é provável que você tenha duas toalhas laranja, duas marrons, duas em vários tons de verde — nenhuma combina e todas têm um resto de vida deixado nelas. Apenas deposite-as em um bazar de caridade a caminho de uma boa loja de cama-mesa-banho. Muitos abrigos de animais também precisam de toalhas, cobertores e lençóis velhos (e limpos).

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s