14 situações do transporte público para perder a fé na humanidade

Afinal, vamos admitir: não está sendo fácil

 

1. Quando você dá sinal para o ônibus parar, mas o motorista não se comove e passa reto mesmo assim.

 

2. Quando as portas do vagão se abrem e a galera corre desesperada para conseguir sentar.

A dança das cadeiras, típica de festas infantis, foi praticamente um treinamento de sobrevivência no transporte público. 

 

3. Quando as pessoas ficam empurrando e se acotovelando até não poder mais para conseguir entrar no vagão a qualquer custo.

 

4. Quando aquele espertinho ocupa o assento preferencial e não cede o lugar para quem realmente precisa.

 

5. Quando é você que está no assento preferencial, mas fica naquele dilema se deve ou não levantar para a outra pessoa sentar…

E quando você finalmente decide ceder o lugar, ela se ofende.

 

6. Quando a pessoa não vai descer no próximo ponto e, mesmo assim, insiste em ficar na região das portas. 

E ainda tem gente que fica por ali mesmo quando o ônibus ou vagão está vazio.

 

7. Quando você se vê no meio do contrafluxo.

 

8. Quando as pessoas querem entrar no vagão assim que as portas se abrem.

NINGUÉM SAI! 

 

9. Quando as pessoas não deixam a esquerda livre.

 

10. Quando você nem precisa se segurar para evitar cair.

Flickr / Creative Commons / Diego Torres Silvestre Flickr / Creative Commons / Diego Torres Silvestre

Flickr / Creative Commons / Diego Torres Silvestre (/)

Os outros fazem isso por você. Igual uma lata de sardinha…

 

11. Quando o motorista do ônibus curte viver perigosamente.

 

12. Quando alguém segura as portas no momento em que elas estão quase fechando.

Uma Noite no Museu / Reprodução Uma Noite no Museu / Reprodução

Uma Noite no Museu / Reprodução (/)

“Quem segura as portas atrasa a vida dos outros. Nunca segure as portas”

 

13. Quando o cobrador pega no sono.

 

14. Quando rola aquela freada busca e todo mundo cai.